Aguarde, transmitindo informações...

EPG Deucélia Adegas promove atividades sobre carnaval e meio ambiente

Por Danielle Andrade

Publicado em 13/03/2019, às 16:15

Editado em 20/03/2019, às 08:09

Pinturas, oficinas para confecção de máscaras, abadás e apresentações artísticas. Essas foram uma das atividades desenvolvidas na última semana, pelos alunos do 1º ao 5º ano de Ensino Fundamental na EPG Deucélia Adegas Pera, localizada no Recreio São Jorge. O Projeto Carnaval teve como objetivo vivenciar e valorizar uma das festas mais tradicionais do Brasil e do mundo.

Para diretora da escola, Emídia de Carvalho de Vasconcelos, o projeto interagiu em diversos contextos sociais lúdicos, dando a oportunidade dos alunos conhecerem a festa e como ela se organiza, por meio das manifestações culturais. “Propomos uma ação recreativa sobre o carnaval dentro da sala de aula, indo ao encontro dos interesses das crianças respeitando suas necessidades, curiosidades e ideias”. 

A unidade escolar contou com trabalhos sobre as marchinhas de carnaval, criação de murais, oficinas, atividades de colagens, desenhos livres, além da exposição de trabalhos e uma grande festa, com o baile de carnaval.

“Quando chega esse período do ano, o público de forma geral interage com essa data comemorativa. As crianças e toda equipe escolar aprenderam sobre o carnaval e puderam apreciar a importância desta cultura do povo brasileiro” destacou Alecsandra Aparecida Silva, coordenadora pedagógica, sobre o trabalho desenvolvido com os alunos ao longo do mês de fevereiro.

Conscientização sobre o meio ambiente

A unidade escolar contou ainda com a primeira ação educativa sobre o meio ambiente, realizada com os alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos). A palestra ministrada pelo biólogo Éricson Silva, tratou sobre os animais peçonhentos, aterro sanitário e a preservação do meio ambiente, sendo direcionada para a região do Cabuçu, local onde a escola está situada.

Na ocasião, o biólogo levou uma serpente para os alunos conhecerem, além da apresentação com imagens das serpentes mais peçonhentas do Brasil: coral verdadeira, cascavel, surucucu pico de jaca e a jararaca. Dando continuidade a diversas atividades que ilustraram todo o trabalho de conscientização, os estudantes receberam orientações sobre quais os cuidados imediatos diante dos acidentes ofídicos. 

O evento contou com a participação ativa dos professores da EJA, juntamente com coordenador pedagógico, Rafael Souza e a vice-diretora Denise dos Santos.

Para ver mais fotos, clique aqui.