Aguarde, transmitindo informações...






Orquestra Coração da Viola participa de Festa Caipira da EPG Tia Carmela

Por Carla Maio

Publicado em 12/07/2019, às 09:36

Editado em 15/07/2019, às 07:49

O encontro entre os saudosos violeiros da Orquestra Coração da Viola com os alunos da Educação Infantil da EPG Tia Carmela aconteceu na última semana no Teatro do CEU Ponte Alta, durante a Festa Caipira, realizada pela equipe de gestores, professores e administrativa da unidade escolar. A festa, que contou com a parceria da Escola 360, foi abrilhantada pela presença e participação de pais e familiares dos alunos, visivelmente encantados com a animação dos violeiros. 

De acordo com a diretora Simone Datoguêa, o encontro foi marcado por muita curiosidade e troca de ideias, já que as crianças conhecem as violas caipiras do convívio com pessoas de suas próprias famílias: “Foi um momento épico, realizado com o intuito de fomentar e valorizar as tradições e diversidade cultural brasileira, tão presentes nesta época do ano”, explicou contente a diretora, satisfeita pelo resultado do evento.

Além do saudoso repertório da Orquestra, regado a clássicos como “Meu Ipê Florido”, “Pescador e Catireiro”, “O Caminheiro”, “A natureza”, “Treze de Maio”, “Velhas Cartas”, “Moreninha Linda”, a festa ofereceu ao público apresentações culturais das crianças da Educação Infantil, que dançaram ao som de canções típicas.

A Festa Caipira também contou com momentos de brincadeiras em que pais, crianças e convidados brincaram livremente de pescaria, tomba lata e bambolê, numa sadia interação. 

A Orquestra

No último mês de junho, a Orquestra de Violeiros Coração da Viola comemorou aniversário de 40 anos. Idealizada e formada por Tonico e Tinoco, a Coração da Viola estreou em 1979 no Theatro Municipal de São Paulo em inédita apresentação com a dupla caipira. Em 6 de junho daquele ano, o Municipal acolheu representantes da autêntica música raiz. Com três horas de duração, o espetáculo atraiu público recorde de 2.500 pessoas e inspirou o lançamento do primeiro LP, A Viola no Teatro, e outros três discos de sucesso.

Patrimônio imaterial da cultura guarulhense, a Orquestra também é responsável por manter viva a cultura tradicional caipira, inserindo a cidade de Guarulhos no eixo cultural nacional, estabelecendo laços de representatividade no tocante à cultura regional que reverbera para outras regiões do país.