Protocolo de filmagem pós-pandemia é um dos temas do Seminário Audiovisual desta sexta-feira



Por Carla Maio
Publicado em 27/05/2020
Editado em 28/05/2020, às 20:26

89 visualizações

Reunir o setor de produção audiovisual em debates para buscar novos caminhos e soluções para a ampliação de recursos e geração de renda. Na próxima sexta-feira, 29, às 20h, a Prefeitura de Guarulhos apresenta nova edição do Seminário Audiovisual, série de encontros online com empresários, produtores e artistas de todo o Brasil para discutir os avanços da política pública da atividade audiovisual na cidade. Iniciativa da Secretaria de Cultura, por meio da Divisão do Audiovisual, os encontros serão transmitidos pela fanpage da Guarulhos Film Commission no Facebook, disponível no link https://www.facebook.com/grufilmcommission/.

Mediado pelo cineasta Tico Barreto, o encontro virtual dessa semana conta com a participação do produtor Daniel Celli e do ator Igor Cotrim, que debatem sobre o tema “Regionalização das políticas do setor audiovisual e protocolo de filmagem pós-pandemia”.

Sobre os convidados

O guarulhense Igor Cotrim é formado pela escola de arte dramática (EAD) da USP, iniciou sua carreira interpretando por quatro anos o personagem Boca da série Sandy e Junior e na sequência o personagem Romeu na novela Mulheres Apaixonadas, ambos na Tv Globo.

Mais recentemente, em 2016, protagonizou a série Amor de 4 como personagem Miguel, série que em breve, ainda em 2020, estreará sua segunda temporada, chamada Amor de 4+1, gravada em Búzios no  início de 2019, pelo Canal Brasil. No teatro, entre muitas peças atuou em O evangelho segundo Jesus Cristo de José Saramago, O Casamento de Nelson Rodrigues e A Cozinha de Arnold Wesker, atualmente ensaia o espetáculo Cosmos Amazônico de Francisco Antônio Carlos. Lançou-se como poeta em 2007 com seu primeiro livro “Ali como Lá” No cinema, iniciou interpretando a personagem Madona do filme Elvis e Madona, de Marcelo Laffitte com Simone Spoladore. Pelo filme, ganhou seis prêmios de melhor ator, entre eles o prêmio da ACIE.  Participou do primeiro longa-metragem brasileiro na Netflix, O Matador de Marcelo Galvão. Em 2018, foi premiado no Festival de Pernambuco CINEPE-2018 como melhor ator com o filme Os Príncipes de Luiz Rosemberg Filho e atualmente está filmando o longa-metragem Amado, dirigido por Erick de Castro e Eduardo Felistoque.

Daniel Celli atua há 15 anos no setor audiovisual, tendo trabalhado por 10 anos em festivais e mostras internacionais de cinema e na construção de eventos de coprodução internacional. Nos últimos anos, esteve dedicado à gestão pública, pensando em ações dentro de políticas públicas que estimulem o mercado audiovisual, dentre as quais a criação da São Paulo Film Commission, departamento que funciona como agente facilitador, com a missão de atrair e dar assistência para a realização de produções audiovisuais na Cidade de São Paulo. Dessa maneira, é um profissional com expertise em articulação com a indústria audiovisual e com a gestão pública. Entendedor das questões macro e micro, assim atuando para estimular o empreendedorismo e inovação no público e no privado, o matchmaking e a pensar em novos modelos de negócio.

Serviço:

Seminário Audiovisual, com Igor Cotrim e Daniel Celli

Data: sexta-feira, dia 29 de maio

Horário: 20h

Acesso pela internet em: https://www.facebook.com/grufilmcommission/





Assuntos Relacionados

Cultura


Outras Notícias