Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Rede municipal oferece apoio escolar a partir desta segunda-feira



Por Bárbara Braz
Publicado em 10/01/2022
Editado em 20/01/2022, às 9:52

1010 visualizações

Na manhã desta segunda-feira (10) a Prefeitura de Guarulhos deu início às aulas de apoio escolar do Projeto Direito de Aprender nas escolas da rede municipal. A ação, que tem como objetivo garantir a construção de aprendizagens em leitura, escrita e educação matemática, tem como foco a superação de possíveis dificuldades dos alunos que estiveram afastados do espaço escolar durante o período de pandemia.

A subsecretária de Educação Fábia Costa e a diretora do Departamento de Orientações Educacionais e Pedagógicas (DOEP), Solange Turgante, acompanharam o primeiro dia do projeto na EPG Pedrinho e Narizinho, no Jardim Bela Vista.

“O projeto é um apoio importante para os alunos que não conseguiram acompanhar as aulas remotas durante a pandemia. Nossos profissionais da Educação, que são bastante qualificados, fornecem muito carinho e atenção nesse trabalho, que são os grandes diferenciais que nossas crianças recebem enquanto têm contato com os conteúdos”, destacou a subsecretária.

Direito de Aprender

O projeto acontece de segunda a sexta-feira, com três horas diárias, para os alunos do 3º, do 4º e do 5º ano e, caso haja necessidade, também aos do 2º ano. Durante o período em que os alunos estão na escola recebem alimentação e são organizados em dois grupos. Um deles, com no mínimo 20 e no máximo 35 pessoas, é composto por estudantes com necessidade de apoio em aprofundamentos de leitura, produção escrita e educação matemática. Já no outro, que tem entre 12 e 25 alunos, os alunos recebem apoio no processo de aquisição de base alfabética e educação matemática.

Sobre a parte técnica, Solange Turgante explicou que, para a realização do projeto e a concretização de suas ações, foram disponibilizadas orientações específicas para o atendimento aos alunos nesse período de apoio escolar nas férias. “Além de orientações pedagógicas, os professores eventuais envolvidos com o projeto participaram de formação e estão sendo acompanhados remotamente pela equipe do DOEP”.

A professora eventual Daiana Oliveira, da EPG Heraldo Evans, contou que a iniciativa é fundamental para apoiar os alunos neste momento. “Tivemos um último ano muito difícil com a pandemia de covid-19. Com esse projeto, além das crianças aprenderem, elas terão momentos de muitas brincadeiras e diversão. Elas vão aprender brincando”, disse. 

A estagiária Tatiane Costa Curta destacou que a participação dos alunos do Atendimento Educacional Especializado (AEE) também é de extrema importância, tanto para a inclusão como para o aprendizado dos alunos.

A aluna Maria Eduardo Rodrigues, do 3º ano da EPG Capitão Gabriel, contou entusiasmada que ficou muito feliz de voltar a estudar. “Mesmo nas minhas férias eu estou feliz de voltar para escola e de poder aprender mais”.

O Projeto Direito de Aprender acontece até o dia 28 de janeiro.



Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias