Entrada Gratuita

Bienal do livro de Guarulhos movimenta mais de 45 mil visitantes no primeiro final de semana

A circulação de mais de 45 mil pessoas pelos estandes e a agitação da programação com contações de histórias, encontro com autores, sessões de autógrafo e apresentações musicais marcaram o final de semana na 2ª Bienal do Livro de Guarulhos. Desde que teve início, na última sexta-feira (5), o evento já impactou a rotina da cidade, com atrações para diferentes públicos e todas as idades.

No sábado, o escritor Ilan Brenman fez bate-papo com o público sobre a importância de contar e ler histórias na era digital. O escritor defendeu a literatura como instrumento fomentador de lições para o desenvolvimento humano e de capacitação ao enfrentamento dos medos. Segundo Brenman, o templo da criança está no mundo das histórias. “Nele, os medos são nomeados, compartilhados com as personagens e aliviados. Dentro dos livros, a empatia é praticada pelo leitor e o que somos por dentro é evidenciado pelo que sentimentos com as nuances e conflitos da narrativa”.

O show da Luna, Ao Vivo! também encantou o público infantil com um espetáculo de cores, histórias, músicas e muita imaginação. Para os jovens e adultos, o poeta Sérgio Vaz apresentou o bate-papo Literatura das Ruas, e pontuou a demanda literária que surge em contextos adversos, onde predominam a violência e desemprego.

O jovem inspirador Marco Túlio, do canal Authentic Games, compartilhou suas experiências com um público atento e questionador. Sonhador, Marco Tulio gosta de colocar suas ideias para funcionar, aprender compartilhar seus projetos e prima pela apresentação de vídeos com conteúdos bastante criativos.
“Eu sempre busco colocar nas histórias que conto valores nos quais acredito como gratidão, alegria, serviço, que enobrecem as pessoas”.

Irreverente e cheia de histórias para contar, Kiara Terra encantou o público infantil na manhã de domingo, arrancou risadas e participação animada da criançada. A Cia. Núcleo apresentou o belíssimo musical Cirandeiros, repleto de canções e encantamento, histórias fascinantes que colocaram as crianças diante de em um espetáculo cativante sobre o brincar.

Escritor de não-ficção, que já publicou obras sobre os crimes de João de Deus e a biografia de Elke Maravilha, o jornalista Chico Felitti falou sobre o cuidado com os textos que cria para seus livros e podcasts narrativos. “As histórias são vivas e pedem determinado tamanho e narrativa para serem contadas. Meu foco é o texto simples e direto, que alcança e prende as pessoas do começo ao fim”.

A última atração do domingo trouxe ao Auditório principal o ex-jogador de basquete Oscar Schmidt. No bate-papo com o público, Oscar falou sobre seus sonhos, obstinação e paixão: “Meu sonho não veio até mim, eu tive que ir até ele”. Não é possível vencer na vida sem treinar. Sempre treinei muito, mesmo cansado, dava um pouco mais. E este um pouco a mais fez toda a diferença na minha carreira”

Abertura oficial

A abertura da 2ª Bienal do Livro de Guarulhos, que aconteceu na noite da última sexta-feira (5), contou com espetáculo da Orquestra Jovem, com repertório de músicas latino americanas e regência do maestro Emiliano Patarra, e homenagem à Biblioteca Monteiro Lobato. O evento contou ainda com as presenças do prefeito Guti, do vice-prefeito e secretário de Cultura, Professor Jesus, do secretário de Educação, Alex Viterale, e da subsecretária de Educação, Fábia Costa.

“A Bienal do Livro de Guarulhos deste ano amplia o debate sobre o papel da tecnologia e desenvolvimento educacional e propõe encontros que conectam o público leitor aos seus escritores preferidos. Isso sinaliza para ações assertivas no campo da Educação, que muito além de fomentar a leitura, também semeiam um futuro melhor para nossas crianças”, disse Guti.

O secretário Alex destacou a importância de estimular o gosto pela leitura desde a infância. “O valor destinado aos alunos da rede municipal cadastrados na visitação escolar os coloca diante de situações em que vão usar a matemática financeira para adquirir os livros de seu interesse. Nesse espaço, eles podem aproveitar inúmeras oportunidades de interagir com os livros, escritores, com os contadores de histórias e esse amplo universo de imaginação e criatividade contribui decisivamente para a ampliação de sua autonomia”.

Para mais informações sobre a programação acesse http://bienaldolivro.guarulhos.sp.gov.br e acompanhe o perfil no Instagram (@bienaldolivrogru).
A 2ª Bienal do Livro de Guarulhos acontece entre os dias 5 e 14 de agosto, de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 10h às 20h, no Internacional Eventos, que fica na avenida João Cavalari, 133, Vila Hermínia, em Guarulhos.

Para garantir fácil acesso e estacionamento aos visitantes da 2a. Bienal do Livro de Guarulhos, a Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU) mantém quatro agentes e duas viaturas diariamente, das 7h às 20h, no local. A pasta providenciou ainda dois bolsões de estacionamento, cada um com capacidade para 30 ônibus, localizados nas ruas Tenente Aviador Aurélio Vieira e rua Professor José Munhoz, ambas próximas à entrada do evento na rua João Cavalari, 133, Vila Hermínia.

Outras Notícias