Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Encontro formativo com gestores da Rede Municipal aborda relações étnico-raciais



Por Danielle Andrade
Publicado em 03/05/2018
Editado em 13/01/2020, às 14:28

322 visualizações

Professores-coordenadores pedagógicos da Rede Municipal e gestores de entidades parceiras de Educação Infantil participaram de formação nesta quarta-feira, (2), no Adamastor Centro. O encontro formativo, oferecido pela Divisão Técnica de Políticas para Diversidade e Inclusão Educacional da Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), contou com a parceria da Subsecretaria de Igualdade Racial.

A formação foi ministrada por Maria Isabel de Assis, conhecida como Mabel, especialista em antropologia social e servidora vinculada à Secretaria de Assuntos Difusos – SAD. O encontro abordou o tema “Imaginário social e a reprodução das desigualdades - Diálogos sobre as relações raciais”, e permitiu análise das linguagens e expressões populares que podem ser entendidas como racistas no cotidiano escolar. 

Mabel conscientizou os participantes sobre a importância de falar das dores, da falta de ascensão no mercado de trabalho e a construção da rejeição no seu imaginário, que vai da infância até a fase adulta, afetando sua autoestima de forma negativa.

Para ilustrar seu argumento, deu o exemplo da obra “Macunaíma”, de Mário de Andrade: “A criança precisa assimilar aquilo que está implícito nas histórias. O papel do professor é o de facilitador e responsável para que isso aconteça em sala de aula” explica. 

A formação possibilitou ainda espaços de reflexão/discussão sobre a identidade e o perfil dos povos indígenas e da população africana, trazida para o trabalho escravo no Brasil e as consequências desse modelo nos dias atuais. 

Ao longo do encontro, as servidoras Greice Oliveira e Meire Romano realizaram o encerramento, orientando os participantes como podem melhorar e contribuir a fim de possibilitar práticas pedagógicas que levem em consideração as relações étnico-raciais no processo ensino-aprendizagem. 

Para conferir as fotos, clique aqui

 




Outras Notícias