Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Alimentação escolar é tema de encontro com pais na EPG Marfilha Belloti



Por Danielle Andrade
Publicado em 11/05/2018
Editado em 13/01/2020, às 13:56

792 visualizações

Alimentação de qualidade, rica em nutrientes e feita com muito amor. Esses foram os ingredientes que a equipe de cozinheiros da EPG Marfilha Belloti Gonçalves, na região de Cumbica, usou para sensibilizar os pais e familiares de alunos durante a palestra “Alimentação Escolar”. O encontro com os pais foi umas das ações que integrou a programação da Festa da Família, evento que movimentou a unidade escolar na última semana.

Ministrada pelo cozinheiro Fábio Cézar Augusto, a ação consistiu em apresentar aos participantes os alimentos selecionados para o consumo diário das crianças na escola. A abordagem teve como objetivo reforçar a importância de uma alimentação equilibrada e saudável para o desenvolvimento da aprendizagem dos alunos. 

Dentre os temas discutidos com os pais, Fábio destacou o uso do self service pelas crianças, o que garante sua autonomia em servir-se. Além disso, o cozinheiro falou sobre as estratégias utilizadas pelos educadores para conscientizar as crianças e promover ações para evitar o desperdício de comida. 

Na Prefeitura de Guarulhos há 6 anos, Fábio é formado em gastronomia e participa do Programa Nestlé Nutrir nas Escolas desde 2015. Ao longo de inúmeras formações, oferecidas pelo Dase – Departamento de Suprimentos e Alimentação Escolar da Secel (Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer), Fábio e a equipe de cozinheiros da EPG Marfilha se aproximaram de questões como prevenção da obesidade, desnutrição de crianças e adolescentes, pilares conceituais da nutrição, práticas de atividades físicas, entre outros.

Para as nutricionistas Gisela Kodama e Neusa Zerbinatti, representantes do DASE, é função do departamento garantir que os produtos entregues às unidades escolares estejam dentro dos padrões de qualidade, realizando visitas técnicas e atendimento nutricional. “Nós também fornecemos orientações, cursos e cardápios mensais para que os cozinheiros possam executar seu trabalho a contento”, observa a nutricionista Gisela.

Produtos selecionados com qualidade

Para Fábio, o objetivo desse momento com os pais é quebrar o paradigma que muitos têm sobre a alimentação escolar: “A alimentação escolar não é algo que vem pronto, enlatado e industrializado. Aqui, nós desenvolvemos um trabalho utilizando, em sua maioria, produtos in natura, com ingredientes como legumes e frutas, produtos frescos que chegam toda semana nas escolas, sem dúvida, uma forma de valorizar a alimentação natural e saudável” explica Fábio.

Além dos produtos in natura, é possível encontrar na merenda escolar alimentos como o arroz e feijão, que são necessários para compor uma alimentação completa para as crianças em fase de desenvolvimento.  

Sabor que faz a diferença

De acordo com o cozinheiro Fábio, a qualidade da comida influencia diretamente no bem estar dos alunos: “É possível fazer a diferença com criatividade. Antigamente, a merenda escolar não apresentava uma diversidade de alimentos. Hoje, conforme o cardápio enviado para as escolas pelo DASE, preparamos até um delicioso strogonoff para as crianças. Temos também a preocupação com aquelas que possuem restrição alimentar, como intolerância à lactose, por exemplo”, lembra Fábio.

Ana Cardoso dos Santos, mãe da aluna Vitória, de 11 anos, comemorou a iniciativa da escola em proporcionar esse diálogo sobre a alimentação escolar com os pais: “Achei muito bom poder ver o que eles estão comendo na escola. Quando chega em casa, a Vitória sempre fala do que comeu, ela come de tudo e não desperdiça. Não tenho do que reclamar, a gente confia na alimentação que eles preparam. Seria muito bom que todos os pais pudessem participar do que a escola está fazendo”, comemora a mãe.

Evitando o desperdício dos alimentos

Na EPG Marfilha Belloti Gonçalves são desenvolvidas ações em sala de aula, onde se mantem um rico diálogo sobre a importância dos alimentos. Nesse sentido, Fábio assume também o papel de educador, conscientizando os alunos a evitar o desperdício dos alimentos. 

“Evitar o desperdício é uma discussão que começa no lar. Os pais precisam instruir seus filhos a comer o que é necessário, experimentar de tudo e estimulá-los a sentir o sabor dos alimentos, afinal, quanto mais colorido o prato, mais saudável ele é”, conta o cozinheiro. 

Equipe engajada 

Atualmente, a unidade escolar conta com cerca de 400 crianças. A equipe de cozinheiros se divide em dois períodos para preparação da merenda: Fábio e Lilian Hotzzman, no período da manhã, e Edilson Senna e Dalva Queiroz, na parte da tarde.

A coordenadora pedagógica Leonice Amaro de Almeida ficou satisfeita com o resultado da ação. “Colaboramos sempre e lutamos para atingir o nosso melhor, a participação da comunidade foi muito positiva, um trabalho em conjunto com os pais e professores engajados”.

A programação da Festa da Família na EPG Marfilha Belloti Gonçalves contou ainda com oficinas de trabalhos manuais, teatro, massagem, yoga, atividade física e contação de histórias.

Para ver as fotos, clique aqui.




Outras Notícias