Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Projeto da EPG Selma Colalillo aborda autonomia na Educação



Por Danielle Andrade
Publicado em 26/11/2018
Editado em 10/01/2020, às 9:36

636 visualizações

A EPG Selma Colalillo Marques, localizada na Vila Rio de Janeiro, realizou no último dia 9 de novembro, Mostra de trabalhos dos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental sobre o “Projeto Autonomia a caminho da utopia”. Na ação, as crianças puderam expor o que vivenciaram durante as aulas a partir de temas escolhidos para estudo, realizando experiências e apontando informações importantes sobre o cuidado com o meio ambiente.

O evento contou com apresentações dos alunos e atividades com os pais, dentre as quais, oficina e bazar beneficente. O projeto faz parte do Programa “Escola de mãos dadas com a vida”, que objetiva proporcionar momentos e espaços em que os alunos possam participar das tomadas de decisões, se envolvendo em atividades direcionadas à solução de problemas reais, percebendo a importância de tomar iniciativa, refletir, pesquisar, atuar com compromisso e responsabilidade.

“Aprendemos 10% do que lemos, 20% do que ouvimos, 30% do que vemos, 70% do que falamos e 90% do que falamos e fazemos, sendo assim ficamos muito felizes, pois estamos notando o desenvolvimento de nossos alunos. Estamos lutando para que realmente eles se tornem autônomos, que aprendam a intervir na realidade, a questionar, problematizar e que busquem respostas que impactam suas vidas”, explica a diretora Rosalina Keiko Ishiy Yamada.

De acordo com a diretora, a Mostra também priorizou a apresentação de conhecimentos fundamentados na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), incentivando os alunos a usarem a criatividade, a empatia, o respeito ao diferente.

Participação da comunidade 

Durante a Mostra, a professora Marisa dos Santos junto com sua turma apresentaram um teatro de bonecos restaurados, utilizando temas relacionados ao consumismo e sobre os 3 Erres: Reciclar, Reutilizar e Reduzir.

Além do teatro, apresentações de música e atividades interativas com o público trouxeram reflexões como “Recicla ou não Recicla?”, que contaram com a apresentação de materiais orgânicos e resíduos recicláveis, enfatizando a diferença entre eles.

Contribuindo para o tema, o aluno Arthur Felix Pereira, do 3º ano, explicou como confeccionar uma composteira, importante para a preservação do meio ambiente.

“Acreditamos que na área da Educação temos o dever de contribuir para a mudança de comportamentos que são prejudiciais ao meio ambiente, através de ações simples como essas, e que foram socializadas pelas crianças a toda comunidade. É necessário transpor os muros da escola, atingindo a comunidade local, UBSs, comércios, nossa família em geral, levando–os a compreender a importância de nossas ações para o bem de todos”, exemplifica a coordenadora pedagógica Priscila Nascimento, em relação à participação consciente de todos que estão inseridos no projeto. 

Já no ateliê de artes, foram oferecidas oficinas, incentivando a reutilização de garrafas de vidro para confecção de ornamentos natalinos para casa e vasos de flores, tudo feito com muito amor e carinho pelas professoras. Além da oficina, houve sorteio para os participantes de lindos vasos e utensílios natalinos confeccionados com materiais reutilizáveis.

Experiências transformadoras 

A programação contou ainda com o primeiro Bazar Beneficente com moda sustentável, uma nova experiência de consumo com apelo sustentável, que já era tendência no exterior e que chegou com força aqui no Brasil. E também, da encenação emocionante: “O velório da Ararinha Azul”, com os alunos do 2º ano, da Professora Deise Mara.

Os alunos do Estágio II, da professora Joyce Recco, trabalharam com o tema Plantas e estudaram sobre diversos representantes importantes na luta pela preservação da vida. Vários aspectos dos seres vivos, como a germinação, tipos de vegetais e sua importância para o planeta foram pesquisados, além de muitas experiências e textos científicos para estudo que fizeram no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – campus Guarulhos.

 “Concluímos que todo esforço valeu a pena para concretização desse projeto, tudo o que foi pensado e realizado, e o quanto fizemos para alcançar nosso objetivo. Nossos alunos se apropriaram dos conhecimentos e das experiências que lhe foram transmitidas.” concluiu a vice-diretora Angela Maria Felippe, parabenizando toda a equipe da EPG Selma Colalillo Marques.

Clique aqui para ver as fotos.
 




Outras Notícias