Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Programa Saúde na Escola pactua meta para ampliar atendimentos de alunos



Por Danielle Andrade
Publicado em 20/02/2019
Editado em 09/01/2020, às 15:07

776 visualizações

Gestores das Escolas da Prefeitura de Guarulhos participaram na última terça-feira (19), da abertura do Programa Saúde na Escola (PSE) e III Simpósio de Infecções Sexualmente Transmissíveis de Guarulhos, no Adamastor Centro. O evento contou com a participação do Subsecretário de Educação, Fernando Gomes de Moraes, representantes da Secretaria da Saúde e da Diretoria Regional de Ensino de Guarulhos, para assinatura do pacto que tem como meta atender 157.605 alunos de 242 escolas públicas do município.

Fernando Moraes destacou que a escola é reflexo da sociedade civil e que parcerias como o PSE fortalecem o protagonismo dos cidadãos. “Vivemos momentos de grandes desafios. Políticas públicas como essa do PSE são indissociáveis”, destacou.

O Simpósio de Infecções Sexualmente Transmissíveis tem como objetivo propor estratégias de prevenção e promoção à saúde voltada para jovens e adolescentes, na perspectiva de reduzirmos infecções por Sífilis, HPV, HIV entre outras infecções sexualmente transmissíveis. O Termo de Compromisso do PSE para o biênio 2019/2020 mostra a importância no combate e prevenção dessas infecções, além de estimular os participantes a pensar estratégias em conjunto, para superar os obstáculos.

#TAMOJUNTOGALERA

Atualmente, os indicadores mostram que 12% dos nascidos vivos em Guarulhos são de mães adolescentes. Essas informações ressaltam como a escola é importante no cuidado do adolescente e como deve ser a abordagem deste público nas questões de Saúde. Uma das estratégias é a certificação do #TAMOJUNTOGALERA, para fortalecer a garantia de direitos para o desenvolvimento integral de adolescentes, transformando unidades escolares e de saúde em Unidades Amigas do Adolescente. 

Logo após a abertura, profissionais da saúde e educação no contexto das vulnerabilidades de adolescentes e jovens deram continuidade ao diálogo. Fabíola Mara Ribeiro, enfermeira especializada em Saúde Pública, do Programa Municipal de Imunização foi uma das especialistas convidadas. Ela falou dos mitos e verdades do HPV, destacando que o Brasil tem o melhor calendário de vacinas do mundo, sendo referência para outros países.

O encontro contou ainda com a participação da secretária de Saúde Ana Cristina Kantzos, o adjunto da pasta, Dalmo Alves de Souza Viana, de Tatiana Megale de Lima, médica e especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Unifesp, Silvia Piedade de Moraes, doutora em Educação e Saúde pela Unifesp, especialista direito educacional e educação sexual, Gabriela Junqueira Calazans, psicóloga e mestre em Psicologia Social e com doutorado em Medicina preventiva pela USP, Carolina Frade, farmacêutica responsável pelas Unidades Básicas de Saúde (UBS) São Rafael e Itapegica e o médico Rodolfo Hermida, da UBS Flor da Montanha.
 




Outras Notícias