Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Em um dia mutirão matricula mais de 500 crianças em creches de Guarulhos



Por Bárbara Braz
Publicado em 25/08/2017
Editado em 27/01/2020, às 12:11

590 visualizações

Famílias que aguardavam em lista de espera, por vagas nas creches do município, viveram momentos de emoção, na tarde desta quarta-feira (23), nas instituições conveniadas pela  Secel– Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, da Prefeitura de Guarulhos. Um mutirão foi organizado disponibilizando 3 mil vagas para crianças com idades entre 6 meses e 3 anos e 11 meses. Além das instituições, na sede da Secel, no bairro Macedo, também foi montado um posto de atendimento, para facilitar o acesso dos pais e responsáveis. Até 17 horas, 557 crianças foram matriculadas.

Esta etapa seguirá até sexta-feira, dia 25, quando as famílias convocadas pela equipe da Secel, deverão comparecer aos locais indicados para efetivar a matrícula, portando os seguintes documentos: certidão de nascimento;  RG do responsável e da criança; comprovante de residência com CEP (emitido no máximo nos últimos 3 meses) e carteira de vacinação da criança.

O Prefeito Guti, que acompanhou o mutirão de perto, compareceu ao posto montado na Secel e conversou com as famílias no local. Para ele a data de hoje simboliza um marco extraordinário para educação da cidade. 

“Estamos trabalhando muito para que, até o final do ano, tenhamos a situação da lista de espera das creches zerada, para que nenhuma criança da cidade de Guarulhos fique fora das escolas ou creches. Para isso, os melhores profissionais da cidade estão engajados, para que a gente consiga honrar nosso compromisso e dar qualidade de vida e perspectiva para todas as famílias”, destaca o Prefeito.

O Vice-prefeito e Secretário da Secel, Alexandre Zeitune, destacou a importância da iniciativa, que segundo ele, significa  um avanço na qualidade do ensino em Guarulhos.

“A nossa proposta é garantir o acesso à educação a cada vez mais crianças. Temos feito parcerias e ampliações, que preveem, inclusive, novos credenciamentos, o que além de ampliar o atendimento a crianças em idade de creche, é capaz de zerar a lista de espera. Esse é o caminho, investir na educação e atender melhor as nossas crianças”, ressalta Zeitune.

Todos na creche

Durante o mutirão de matrículas, as famílias que passaram pela Secel saíram com a vaga garantida, e ainda, uniforme e mochila em mãos para as crianças começarem as aulas já na próxima segunda-feira.

Emocionada com a realização de um projeto tão relevante para a Educação da cidade, a diretora do Departamento de Ensino Escolar, Argentina Concebida Silva Barbosa destaca a importância dessa iniciativa.

“Todo o nosso trabalho é para transformar Guarulhos. O único caminho que pode mudar a vida de uma criança é pela a educação, e se muda a vida de uma criança, muda vida da sociedade inteira. É um investimento a médio e longo prazo, e em curto prazo quando você garante que eles terão uma alimentação saudável, que eles vão desenvolver o aspecto cognitivo e a socialização. É uma mudança, são 2.500 famílias que nós estamos atendendo, nós estamos dando qualidade de vida”, ressalta a diretora. 

Agradecida pela oportunidade, a avó pernambucana Josefá Maria Feitosa, conta que esse momento foi um milagre, pois a neta Ester aguardava ansiosa para começar a estudar na sua primeira escola. “Quando minha neta soube que iria estudar, se emocionou e não conseguimos conter as lágrimas. Essa vaga é uma porta que se abre, com uniforme, mochila e merenda. Isso foi maravilhoso, eu vi o Prefeito falando e eu queria dar um abraço nele, para agradecer. Que ele olhe cada vez mais para a educação, porque isso é fundamental, uma alegria imensa para a nossa família”.

Para a mãe da Laura, Thais Moura, a vaga na creche significa uma nova vida, para todos da família.

“Foi um momento maravilhoso, pois eu estava esperando que minha filha fosse para escolinha só o ano que vem, e ai veio a surpresa, recebi a ligação da Secretaria comunicando a vaga disponível. Vai ser uma oportunidade para mim também, pois como ela estava em casa, eu não estava trabalhando, e agora vou poder procurar por um emprego tranquila, sabendo que minha filha está na escola”, destacou a mãe.
 



Assuntos Relacionados

Educação Educação Infantil


Outras Notícias