Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Alunos e professores da EJA visitam o Núcleo Cabuçu



Por Yve de Oliveira
Publicado em 31/08/2017
Editado em 16/01/2020, às 12:54

367 visualizações

Com o objetivo de ampliar os conhecimentos relacionados à história, geografia e cultura local, os alunos e professores da Educação de Jovens e Adultos da EPG Mário Lago realizaram uma visita monitorada no Núcleo Cabuçu do Parque Estadual da Cantareira.

Durante a aula-passeio, os alunos conheceram o pequeno museu localizado no complexo, a trilha da Jaguatirica, espaço para observação de diversas espécies vegetais exóticas e nativas da Mata Atlântica, bem como visualizaram a extensão da represa da histórica barragem construída em 1908.

“Essa atividade foi muito importante na nossa formação, pois verificamos na prática o que foi mencionado nas aulas de nossos professores. Não sabia que em Guarulhos havia um lugar tão bonito!”, destacou a aluna Josineide J. Lima Oliveira, do Ciclo II.

O aluno Erivam Avelino de Carvalho, do Ciclo II esclarece que a visita integrou os projetos de sustentabilidade realizados na EPG Mario Lago e abordou temas importantes relacionados à história, geografia e cultura de Guarulhos.

“Não conhecia o lugar e o passeio foi muito bom! Ver ao vivo as diferenças de vegetação, fazer uma trilha e conhecer um lugar onde é coletada a água para abastecer parte de nossa cidade foi excelente!”, ressaltou o aluno.

A coordenadora da EJA Silvana Mendonça Santos conta ainda que a visita ao Núcleo Cabuçu ampliou a leitura de mundo dos alunos frente ao conteúdo teórico trabalhado em sala de aula.

“Com base na participação e satisfação do grupo, percebemos que a atividade alcançou com êxito os objetivos propostos, além claro, de acrescentar mais um momento de reflexão sobre as questões socioambientais”, completou a Silvana.

 

Guarulhos tem História

O Núcleo Cabuçu pertence a um dos quatro núcleos do Parque Estadual da Cantareira, que inclui em sua área, porções dos territórios dos municípios de São Paulo, Guarulhos, Caieiras e Mairiporã.

Localizado em Guarulhos, o Núcleo Cabuçu é um dos mais preservados, além de presentear os visitantes como uma represa que abastece parte da população da cidade, o espaço presta importantes serviços ambientais que visam amenizar os impactos da urbanização.

Existem duas explicações para o nome do Núcleo. Uma delas teria origem na língua tupi guarani, na qual “Caba” significa Vespa e “Açu” Grande, portanto Vespa Grande. É uma espécie encontrada na região. O nome também pode ter origem na espécie de árvore Cabuçu (Miconia cabussu) que ocorre em larga escala nessa área. O local foi aberto à visitação pública em 2008.

 




Outras Notícias