Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


2º Encontro de Economia Criativa reúne especialistas e produtores culturais na Biblioteca Monteiro Lobato



Por Carla Maio
Publicado em 16/08/2019
Editado em 15/01/2020, às 17:04

349 visualizações

A Prefeitura de Guarulhos promoveu na manhã desta quarta-feira (15), o 2º Encontro de Economia Criativa de Guarulhos, na Biblioteca Monteiro Lobato. Vitor Souza, Secretário de Cultura, recebeu Celi Pereira, Chefe de Divisão de Educação Ambiental da Secretaria de Serviços Públicos, Chrystopher Montenegro, representante da Secretaria De Desenvolvimento Científico, Econômico, Tecnológico e de Inovação de Guarulhos (SDCETI), e José Carlos Aronchi, técnico do SEBRAE, além de artistas e produtores culturais. 

O encontro priorizou diferentes olhares sobre a relação entre Cultura e Inovação, considerando que a sociedade demanda, cada vez mais, respostas criativas em meio a cenários, muitas vezes, desfavoráveis. “Quando falamos sobre criatividade, devemos perceber o contexto e a diversidade de ações que vão fazer sentido para o desenvolvimento das cidades”, explicou o secretário Vitor.

Nesse sentido, Chrystopher Montenegro falou sobre a Mostra de Economia Criativa, iniciativa que integra a Semana do Conhecimento, que será realizada entre os dias 21 e 25 de outubro, no Adamastor Centro. Aos participantes do Encontro, ele ofereceu um recorte das principais ações da Mostra, que desde sua criação, em 2017, já destacou inúmeros talentos nas áreas de tecnologia, cujos projetos dialogam com as principais necessidades da cidade.

O secretário de Cultura observou ainda que, em meio ao conceito de Economia Criativa, é possível atender diversas frentes de mercado em diferentes áreas. Na área cultural, por exemplo, há grande potencial para desenvolvimento de um polo econômico, social e educacional. “Diante de um cenário em que a Cultura tem urgência em se reinventar, é papel do poder público mobilizar ações que viabilizem encontros e diálogos entre o artista e o público”, enfatiza Vitor ao retomar um dos objetivos principais do Encontro.

O papel do Meio Ambiente e a responsabilidade social de toda a sociedade para a redução e reutilização de resíduos foram as abordagens que Celi Pereira trouxe para o Encontro ao apresentar as metas do Programa Lixo Zero. Prevista para acontecer no mês de outubro, a Semana Lixo Zero objetiva provocar a reflexão para a mudança de hábitos e de atitudes para separação e correta destinação de resíduos gerados nas residências, condomínios, empresas, clubes, entre outras associações.

Apresentação de projetos

O Encontro contou ainda com a participação de artistas e produtores culturais locais, que apresentaram projetos aprovados em leis de incentivo.
João Ferreira Filho, músico, jornalista, educador social, produtor e idealizador do Projeto Arrastão Cultural, contemplado em edital do PROAC em 2019, em fase de captação de recursos. O Projeto prevê a realização de um festival de música e outras artes que dentre outros objetivos prevê a garantia de espaços para que artistas da cidade possam apresentar seus trabalhos. 

Na área de tecnologia, Ricardo Martins apresentou o Projeto Gaya, um jogo de RPG interativo, cujo cronograma prevê planejamento para possibilitar mais recursos e possibilidades de jogo. 

Na área de cinema, a diretora, atriz, produtora e gestora de projetos Izabel Neiva apresentou o Projeto do Filme “O Menino da Moeda”. Além de incentivo às mulheres negras no mercado audiovisual, o Projeto tem como foco a mudança de comportamento cultural e combate ao racismo estrutural. 
 




Outras Notícias