Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Conselho Municipal de Política Cultural aprova 1º Plano de Cultura de Guarulhos



Por Carla Maio
Publicado em 05/09/2019
Editado em 10/01/2020, às 8:07

217 visualizações

Membros do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) se reuniram na última quarta-feira (4), no Arquivo Histórico, para aprovação do 1º Plano Municipal de Cultura. O documento, que tem como foco o planejamento da política cultural de Guarulhos pelos próximos dez anos, será apresentado pela Prefeitura e pelo CMPC para os munícipes nos próximos dias 20 e 21 de setembro, durante a VI Conferência Municipal de Cultura, no Adamastor Centro.

O processo de construção do Plano Municipal de Cultura levou em consideração a participação da sociedade civil e do poder público, que juntos buscaram atender as principais demandas das linguagens artísticas e culturais. “O Plano oferece as principais diretrizes e segurança para que a sociedade civil possa, juntamente com o poder público, construir um perfil real da área da cultura guarulhense, que contemple as especificidades de cada região ao mesmo tempo em que dialoga com artistas de segmentos diversos, suas demandas e planos de ação para viabilizar, por meio da arte, a grandeza da cidade”, observou o secretário de Cultura, Vitor Souza. 

Para Darlan Cavalcante, vice-presidente do CMPC e representante do poder público, a aprovação do Plano Municipal de Cultura se constitui como verdadeira conquista para a cidade: “A aprovação deste documento é um marco para a história de Guarulhos, uma antiga demanda da sociedade que agora torna-se concreta e ganha representatividade e voz na atuação de uma equipe plenamente engajada e ciente de seu papel ao longo do processo”, comemorou Darlan.

De acordo com Marina Pinto, presidente do Conselho Municipal de Política Cultural, o Plano elaborado reafirma e restabelece ações e mecanismos que já existem e que deveriam estar em pleno funcionamento: “Acredito fortemente que o processo de construção do documento ao longo desses anos foi um período de aprendizagem, no que diz respeito a participação social nos mecanismos governamentais. O documento estabelece uma política cultural clara, sendo então um passo importante rumo a avanços significativos e verdadeiros num futuro próximo”, explicou a presidente, enfatizando que o documento não resolverá os problemas da cultura de imediato, sem a efetiva atuação dos conselhos, enquanto instâncias de participação social.

Depois de sua aprovação pelo CMPC e sua apresentação durante a VI Conferência Municipal de Cultura, o Plano segue da Secretaria de Cultura para a Secretaria de Assuntos Legislativos, onde será transformado em Projeto de Lei e encaminhado para aprovação da Câmara Municipal de Guarulhos. 
 




Outras Notícias