Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


VI Conferência Municipal de Cultura marca entrega do Plano de Cultura de Guarulhos




Publicado em 24/09/2019
Editado em 10/01/2020, às 7:23

263 visualizações

Durante a solenidade de abertura da VI Conferência Municipal de Cultura, que aconteceu sábado (20) no Teatro Adamastor, o secretário de Cultura, Vitor Souza, passou às mãos do presidente da Câmara, Professor Jesus, documento que simboliza a finalização do Plano Municipal de Cultura de Guarulhos. Em outubro, a Prefeitura fará seu encaminhamento oficial ao Legislativo para apreciação e votação da lei municipal que norteará as políticas públicas do setor.

Participaram da solenidade a presidente do Conselho Municipal de Cultura, Marina Pinto, o vereador Edmilson Souza e representantes da área cultural da cidade inscritos para a conferência. Para o secretário Vitor Souza, a realização de um planejamento estratégico que norteia a cultura é, na prática, um ato de ousadia. “Este documento não é uma pauta setorial. Todos vivem a cultura. Ela é o que nos denomina enquanto sociedade. A formação, produção, difusão e preservação dos bens e costumes artísticos e históricos garantem que o guarulhense possa se reconhecer, refletir e se reinventar diante dos desafios que o nosso tempo apresenta”, destacou.

O plano é norteado por dez diretrizes elaboradas pelo Conselho Municipal de Política Cultural e que são operacionalizadas em 14 metas e 65 ações, que estão organizadas em torno de quatro eixos temáticos: Política Cultural, Gestão e Capacitação Governamental; Infraestrutura cultural: ampliação, integração e desenvolvimento; Estímulo à produção cultural local e à valorização da diversidade cultural; e Patrimônio Material e Imaterial, Cultura como Conceito Antropológico.

Souza reconhece o esforço e o apoio do prefeito Guti, que tem demonstrado seu compromisso com o desenvolvimento artístico da cidade, garantindo o acesso democrático às ferramentas de fomento e financiamento à cultura, encarando todos os desafios impostos à gestão pública. O secretário faz um alerta à classe artística da cidade. “O Plano Municipal de Cultura é uma ferramenta que só terá validade se toda a sociedade se apropriar deste documento e se unir para que ele possa nortear a cultura de Guarulhos pelos próximos dez anos. A cultura local em 2030 será o resultado de todo o trabalho que podemos fazer estando juntos”.



Assuntos Relacionados

Cultura Plano Municipal de Cultura


Outras Notícias