Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Professores e alunos lançam primeira edição do jornal da EPG Dorival Caymmi



Por Danielle Andrade
Publicado em 12/05/2022
Editado em 17/05/2022, às 11:19

255 visualizações

Um espaço construído por todos e para todos. Esta foi a proposta do jornal escolar desenvolvido pelos alunos e professores da Escola da Prefeitura de Guarulhos (EPG) Dorival Caymmi, localizada no Jardim Guaracy. O trabalho pedagógico abordou o histórico da escola, a vida do patrono, suas obras musicais, além de apresentar relatos de professores e registros dos alunos.

De forma coletiva e a fim de proporcionar um ambiente acolhedor, a unidade escolar vem descobrindo diariamente novas maneiras de interagir com os alunos e planejar experiências de aprendizagem diferenciadas. A construção do jornal permitiu uma conexão e a reaproximação da equipe da escola com as famílias dos alunos a fim de recuperar tempo perdido devido à distância imposta pela pandemia.

“O jornal foi idealizado na reunião de planejamento com a equipe escolar como um meio de comunicação com pais e alunos. Neste primeiro momento fizemos uma edição comemorativa, pois o nosso patrono, Dorival Caymmi, faria aniversário no dia 30 de abril. Então convidamos as professoras Ivone e Valdirene, que estão há mais tempo na unidade escolar, para falar um pouco sobre suas trajetórias e elas trouxeram registros das suas turmas para compor o jornal”, explica Thaís Furlan, vice diretora da escola.

A 1ª edição do jornal escolar conta a história do cantor e compositor brasileiro Dorival Caymmi, baiano que influenciou diversos artistas e gerações por meio de suas interpretações e potência vocal. Além disso, foi referência na modernização da Música Popular Brasileira (MPB), com canções de sucesso, dentre elas O Que é Que a Baiana Tem? e Saudade de Itapoã.  


Histórias pra recordar

Na coluna EJA em Foco, a professora Ivone dos Santos, do Ciclo I da Educação de Jovens e Adultos (EJA), falou sobre sua chegada na escola em 1998. “Na época me senti acolhida de imediato pela diretora e pelos outros jovens professores. Por muitos anos trabalhei com as crianças dos estágios, que tanto nos exigem emocionalmente e fisicamente. Eu amava o imenso parque, com um lindo e colorido carrossel de madeira, que funcionava manualmente pelas mãos enérgicas das crianças”, recorda.

Já a Valdirene de Jesus Alves, professora do 5º ano do Ensino Fundamental, ressalta que quando começou a dar aulas foi apresentada a um mundo de descobertas com as crianças. “Na educação infantil aprendi a me envolver, sentir paixão, prazer no que faço e sonhar. Atualmente já são mais de 20 anos que remo nesse mar de educação, trazendo nos meus batimentos cardíacos a aventura do retorno de uma boa pescaria em cada palavra lida, cada conta resolvida e na autonomia conquistada pelos alunos”, revela. O jornal conta ainda com as ilustrações dos seus alunos José Felipe Rodriguez e Helio Pinheiros, do 5º ano, retratando os espaços que eles mais gostam da escola.

Para as próximas edições a equipe pretende ampliar o conteúdo   jornalístico, como o espaço para eventos e ações da escola, divulgações de textos, entrevistas com funcionários e pais, entre outras informações.





Outras Notícias