Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Alunas da EPG Gilmar Lopes discutem projeto de comunicação no Conexão Bienal



Por Danielle Andrade
Publicado em 19/08/2022
Editado em 26/08/2022, às 9:54

447 visualizações

Fotografia, conteúdo audiovisual, publicidade e podcast são algumas das linguagens do universo da comunicação que integram o P. Kids, projeto multimeios desenvolvido por um grupo de alunos do 5º ano da Escola da Prefeitura de Guarulhos (EPG) Gilmar Lopes, no Jardim Bananal. Os alunos falaram sobre o projeto na última sexta-feira (12), durante o Conexão Bienal, podcast exclusivo da 2ª Bienal Livro de Livro de Guarulhos, com transmissão ao vivo pelo YouTube da Secretaria de Educação.  

Idealizado pelo professor de artes Renato Julio Bortolatto, o projeto teve início em fevereiro deste ano e é composto por onze estudantes que se encontram uma vez por semana, às quartas-feiras, durante os 50 minutos de aula do projeto. O conteúdo para as mídias digitais é veiculado pelas redes sociais da escola.

Tecnologia à serviço da informação

O bate-papo sobre o projeto P. Kids no podcast Conexão Bienal foi conduzido pela jornalista Carla Maio, que entrevistou a aluna Nayane Batista e o professor Bortolatto.

“O projeto está vinculado ao ensino de artes e objetiva ampliar o horizonte dos alunos para várias possibilidades. Ele nasceu de uma ideia artística e da necessidade de uma oferta funcional de tecnologia de maneira prática e acessível, privilegiando diversas linguagens artísticas”, explicou o professor.

Entre os projetos em andamento na unidade escolar, Bortolatto explica que eles envolvem o ensino de música e pintura. Ele destacou ainda a importância do trabalho em equipe, por meio do qual as decisões são tomadas em grupo. Em meio à negociação, os alunos aprendem a se comunicar e a se expressar melhor, a interagir com a turma e a vencer a timidez.

“As decisões são todas democráticas, negociadas pelos próprios alunos. Todo o trabalho é realizado em equipe e mediado pelo professor, que lança a ideia e o grupo resolve”, destacou Bortolatto.

Mediação e proposição de ideias

Durante o processo de geração de conteúdos midiáticos o professor torna-se um mediador e propositor de ideias e dinâmicas. As demandas estão ligadas com o mundo comercial, proposições em marketing e venda de produtos, tudo adaptado ao mundo escolar, com um viés artístico e desenvoltura de amigos ou educandos.

Para a aluna Nayane Batista, o projeto proporcionou novas perspectivas para sua vida. “Antes eu ficava dentro de casa vendo televisão sem grandes motivações, mas depois do projeto comecei a ter mais ideias, a não desistir, a ter sonhos. O mundo real se abriu e o projeto me levantou. Aprendi a seguir em frente, acreditar, mesmo tendo barreiras”.

A aluna ressaltou ainda que o momento de discutir os assuntos é envolvente. “Quando entro na sala dos professores para conversar parece que estou em outro mundo, é tudo diferente, é podcast, reportagem, negociação, fotografia. É muito legal fazer o trabalho em grupo, reunir ideais, ter vários pontos de vista, momentos de negociar propostas, principalmente as que o professor apresenta”.

Durante a conversa, a jornalista Carla Maio abordou também a necessidade da escrita para a elaboração e o planejamento das pautas. “A escrita é fundamental, pois quando pensamos na produção de um conteúdo em vídeo, por exemplo, precisamos pensar na elaboração do roteiro. Na condição de comunicadores, não podemos ser inocentes e pensar que a nossa mente vai dar conta de lembrar todas as informações”, explicou.

O projeto Multimeios é pautado na proposta curricular da rede municipal e conta com o apoio dos gestores da unidade escolar, a diretora Sueli Martins e o vice-diretor Guilherme Calabria. O envolvimento e a parceria de outros professores, como Fernanda Batista, professora do Atendimento Educacional Especializado, é essencial por articular sugestões de pautas com a turma, além de promover a prática real de cobertura de atividades e eventos realizados na escola.

Para assistir ao podcast Conexão Bienal acesse o link: https://www.youtube.com/watch?v=rkS9qXGTWgE&t=861s.


 

Galeria




Outras Notícias