Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Filme realizado por meio do FunCultura é indicado para o Festival do Rio



Por Carla Maio
Publicado em 01/09/2022

121 visualizações


A equipe do coletivo Kinoférico está em festa e não é para menos, já que o curta-metragem Contando Aviões alçou voo e acaba de ser selecionado para a Mostra Competitiva de Curtas da 24ª edição do Festival do Rio, na categoria Première Brasil, a principal do festival que figura entre os quatro maiores festivais do país e acontece de 6 a 16 de outubro. Contando Aviões é uma produção realizada no período da pandemia e equipe reduzida, por meio de edital do FunCultura, com recursos da Lei Aldir Blanc.

Produzido por Wesley Gabriel, o WG, e Giovanna Azevedo, Contando Aviões foi escrito e dirigido pelo cineasta Fábio Rodrigo, um dos professores das oficinas de cinema oferecidas pelo coletivo Kinoférico, na região do bairro dos Pimentas. A produção contou ainda com a participação de alunos em formação das oficinas realizadas em 2018. 

“O Festival do Rio é uma grande janela. A maior da América Latina. Fizemos da produção do curta um grande processo de aprendizagem para todos, desde os mais experientes aos iniciantes da equipe. As oficinas do coletivo Kinoférico são muito completas e vem entregando trabalhos de excelência há anos. Com o incentivo da Lei Aldir Blanc pudemos implantar uma metodologia que elevou a qualidade dos equipamentos e estrutura de produção. Aí o resultado não poderia ser outro”, comemora o diretor Fabio Rodrigo.

Contando Aviões conta a história de Tereza, que pensa só em Maru, Maru pensa só em Anaya, enquanto os sonhos voam perto do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Três tempos e três mundos se fundem em um só lugar para revelar como política, amor e espiritualidade se entrelaçam.

Esse é o primeiro festival do qual o curta-metragem participa e, por isso, todos estão em grande expectativa. “Estamos muito felizes pela nossa participação nesse grande festival, reconhecido tanto dentro quanto fora do Brasil. Esse é o primeiro filme produzido pelo coletivo Kinoférico que chega a um evento desse porte e, para todos nós, é muito importante quando colocamos a nossa cidade, representada pelos bairros da região dos Pimentas, na tela do cinema”, vibra WG.

WG conta ainda que 80% da equipe de produção do filme, entre técnicos, alunos e professores das oficinas, produtores, diretores de arte e fotografia e o elenco são de Guarulhos, motivo de muito orgulho para todos.

Em breve, os organizadores do Festival do Rio vão divulgar a programação completa com locais e horários das exibições. Para mais informações, acesse http://www.festivaldorio.com.br/br/o-festival/festival-do-rio

Oficina de Cinema

Em tempo, até o dia 4 de setembro, o Projeto Portas Abertas e o coletivo Kinoférico estão com inscrições abertas para a segunda turma da Oficina de Cinema: A Periferia Conta Suas Histórias. A ação é totalmente gratuita e tem como objetivo contribuir com a produção cinematográfica local, valorização e representatividade da comunidade.

Para participar, interessados acima de 14 anos devem preencher formulário disponível no link bit.ly/oficinacinemapa22. Durante o processo, haverá seleção de inscritos por meio da carta de interesse, caso o número de inscrições ultrapasse o limite de 60 vagas. A confirmação dos inscritos ficará disponível a partir de 6 de setembro e haverá lista de espera para os não selecionados. Para saber mais sobre a oficina, acesse www.kinoferico.com.br.




Assuntos Relacionados

Cultura


Outras Notícias