Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Teatro Adamastor recebe nova edição do Mulheres que Cantam



Por Carla Maio
Publicado em 02/09/2022
Editado em 05/09/2022, às 8:52

149 visualizações


Destacar o protagonismo feminino e exaltar o talento de cantoras e vozes em busca de espaço no cenário musical. Nesta sexta-feira (9), às 19h, o Teatro Adamastor recebe o projeto Mulheres que Cantam, show-live com artistas guarulhenses que tem como objetivo mostrar a força da música brasileira, representada na expressividade da voz feminina. O evento é presencial e aberto ao público, com transmissão pelo canal do projeto no YouTube.

Desta edição participam as cantoras Sara Adeyeye, Elly Palmeira, Sam.Gee e Cristiane Oliveira. Em meio ao repertório há canções de diferentes gêneros, do gospel ao sertanejo, passando por rock, pop e música brasileira.

Iniciativa da Prefeitura de Guarulhos por meio da Secretaria de Cultura, essa edição do programa Mulheres que Cantam é apresentada e coordenada pela pianista e compositora Aline Rissuto.

Sobre o programa

Em 2020 nascia o projeto Mulheres que Cantam com o objetivo de valorizar a voz feminina e exaltar o talento de mulheres artistas da cidade de Guarulhos. Idealizadas e dirigidas pelo agente cultural Paulinho Trewasae, as duas edições em formato presencial aconteceram nos meses de janeiro e fevereiro de 2020 no Teatro Adamastor. Entre os talentos da cidade, quatro cantoras por edição são convidadas e apresentam quatro músicas cada. O evento tem gerado positiva repercussão em meio ao público que o acompanha.

Sobre as cantoras

Sara Adeyeye


Sara Adeyeye iniciou os estudos de música na Orquestra Pimentinhas, em Guarulhos. Estudou canto popular brasileiro na Escola de Música do Auditório Ibirapuera, onde participou do coral cênico, como soprano. Participou do primeiro festival de grupos vocais paulistano com Trio Matrioska e de grandes e renomados Festivais Nacional e Internacional da música brasileira. Sara já se apresentou em dueto com grandes nomes da música popular, como Renato Brás e Fabiana Cozza. Cantou acompanhada por Laércio de Freitas e a Banda Mantiqueira, e foi solista da Orquestra Da Vila, sob regência de Vanderlei Banci. Estudou canto lírico com Clarisse Rodrigues e participou do Coral do Mackenzie como primeira soprano. Tem Trabalhos com Hinos cristãos Yorubás, e música autoral  em parceria com a banda SolEJazz Brasil. Atualmente, compõe trabalhos em que combina a linguagem Jazz e Rap.

Elly Palmeira


Elly Palmeira sempre se encantou com a arte da música e da dança. Desde pequena foi incentivada por seus pais a ouvir belas canções e seu quarto era o seu refúgio. Não se considera uma cantora profissional, mas gosta de cantar e interpretar canções de diversos estilos, de falar através da música e o que ela representa. Ela ressalta que o importante não é o quanto fazemos e sim o quanto de amor colocamos naquilo que fazemos. A vida encolhe ou expande na proporção de sua coragem e é por isso que estar no palco representa um desafio a si mesma, pra falar ao coração daqueles que estarão na plateia para ouvi-la cantar. 

Sam.Gee


Sam.Gee é Bio Performer, cantora e dançarina. Na música, rock/pop/folk e gótico compõem seu gosto musical. Desenvolveu muito mais gosto pelo techno/eletrônico nos últimos tempos e criou sua primeira música com essa estética. Envolveu o rock, com pop e eletrônico e saiu o single Eu Já Disse. Apaixonada por dança, mescla desde a dança do ventre, Tribal Fusion e street dance. A arte é onde gosta de se expressar de diversas maneiras, e foi na dança e na música que encontrou força para mostrar ao mundo a paz e o caos que nela habitam. Sam.Gee é a abreviação de Samantha Garrote, nome usado nos créditos de trabalho como fotógrafa, produtora, microfonista e outras funções técnicas de audiovisual. Começou a utilizar o Sam.Gee para suas vertentes artísticas e sem tantas regras técnicas. Samantha Garrote atua nos bastidores, enquanto Sam.Gee está em cima dos palcos e em frente às câmeras.

Cristiane Oliveira


Cristiane Oliveira é natural de São Paulo e nasceu em março de 72. Canta desde os 15 anos e sempre teve a música em sua vida. Hoje, com 50 anos, é pastora com a linda missão de pregar e louvar a Deus. Casada e mãe de 4 filhos, Cristiane desenvolve um trabalho social surpreendente, levando a palavra e dando apoio a pessoas que precisam de sua voz abençoada.

Para saber mais acompanhe o perfil do projeto no Facebook e no Instagram. Confira a programação de eventos culturais que acontecem na cidade em https://www.guarulhos.sp.gov.br/agendacultural.

O Teatro Adamastor fica na avenida Monteiro Lobato 734, Macedo.




Assuntos Relacionados

Cultura


Outras Notícias