Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Cemea Chico Mendes promove evento sobre arte e cultura indígena



Por Danielle Andrade
Publicado em 06/09/2022
Editado em 12/09/2022, às 12:14

517 visualizações

Na última semana o Centro Municipal de Educação Ambiental Parque Chico Mendes promoveu um evento sobre as culturas brasileiras indígenas com a presença de integrantes da Aldeia Multiétnica Filhos Desta Terra, do Cabuçu. A ação envolveu estudantes da rede municipal e a comunidade da região a fim de abordar as diversas características e curiosidades dos povos nativos presentes em diferentes áreas do país.

A iniciativa contou com mostra da diversidade cultural indígena, compartilhada por meio de linguagens como canto, dança, pintura corporal, história e geografia indígena, roda de conversa, comidas típicas, arco e flecha e artesanato. A Reserva Indígena Multiétnica Filhos Desta Terra reúne as etnias Tupi, Kaimbé, Pankararu, Kariri-Xocó, Pankararé, Kiriri, Xucuru Kariri e Guajajara.  

Na sexta-feira (2) a programação foi direcionada aos alunos da EPG Chico Mendes, unidade escolar localizada no complexo do parque. Todas as turmas do período da manhã e da tarde participaram das oficinas espalhadas em diferentes espaços no local.

Awá Kuaray Werá, liderança indígena da aldeia e da etnia Tupi, compartilhou inúmeros conhecimentos sobre a história e a geografia dos povos indígenas para as crianças. Os alunos também tiveram a oportunidade de conhecer o ritmo contagiante das danças e cantos, acompanhados por instrumentos criados pelos próprios índios e feitos de sementes, entre outros materiais obtidos na natureza.

“A História precisa ser contada pela nossa nação indígena, que sempre esteve aqui. Só no Brasil são 305 etnias e 274 línguas indígenas, por isso precisamos compartilhar a nossa identidade, enfrentar os preconceitos e resistir ao tempo”, contou Awá, que chegou a Guarulhos há 22 anos.

Na quadra da escola foi realizada uma oficina de artesanato com as integrantes Maria Pankararé e Edvania Pankararé para a confecção de 700 colares de sementes, pintura corporal com Ana Xucuru Kariri e Jesse Kaimbé, além de muita diversão para acertar o alvo com a atividade de arco e flecha com os indígenas Moisés Paulino Pereira e Janilson Miguel, da etnia Pankararu. “A hora da dança foi a parte mais divertida. Esta foi a primeira vez que conhecemos e aprendemos de perto com os indígenas”, contou o aluno Guilherme Siqueira, do 5º ano da EPG Chico Mendes.

Além de apresentação da culinária indígena, o encontro propiciou ainda degustação de chá de ervas medicinais e a tapioca, conhecida como bejú, preparada com mandioca pelas indígenas Simone Pankararu e Clenilda da Silva, da etnia Kaimbé.

"A ação proporcionou aos alunos e munícipes uma experiência rica de imersão na cultura indígena. Os jovens aprenderam, colocaram a mão na massa, interagiram com os índios e se emocionaram com toda a riqueza presente na cultura dessa população em Guarulhos. Foi um importante trabalho de sensibilização sobre a importância da diversidade cultural e a história dos nossos indígenas”, destacou Alan Thiago Felicíssimo, coordenador do Cemea Chico Mendes. No final de semana as atividades seguiram abertas ao público em geral.


 

Galeria




Outras Notícias