Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Atividades de alfabetização combinam uso de netbooks para aprendizagem lúdica



Por Carla Maio
Publicado em 14/10/2022
Editado em 18/10/2022, às 14:25

575 visualizações


Colocar a tecnologia a serviço da aprendizagem de forma lúdica sem abrir mão de conteúdos essenciais para a comunicação e interação no mundo atual. Esse é o foco das atividades de alfabetização elaboradas com uso de netbooks e propostas pela professora Natália de Oliveira Alves com a turma do 1º ano da EPG Silvia de Cássia Mathias, no Taboão. 

Com um trabalho pautado nos eixos e saberes da proposta curricular da rede municipal, no que diz respeito ao uso das tecnologias em sala de aula, a escola elaborou uma programação semanal para utilização dos netbooks, o que garante que todas as 14 turmas da unidade tenham contato sistemático com atividades que potencializam as aprendizagens por meio de softwares e ferramentas digitais.

Os netbooks, equipamentos com sistema operacional Windows 10 e pacote Office estão disponíveis nas escolas de Ensino Fundamental da Prefeitura, CEUs, Centros de Incentivo à Leitura e no Adamastor por meio do Plug, programa de inclusão digital que conecta os alunos ao futuro, e são parte do laboratório digital destas unidades.

Compreensão, memorização e criatividade


Durante as atividades com foco na alfabetização da turma, a professora Natália apresenta as estruturas de diferentes gêneros textuais como as cantigas, trava-línguas e as divertidas parlendas, gênero recitado com ritmo e cujo ensino ajuda a desenvolver inúmeras aprendizagens, dentre as quais, o desenvolvimento da consciência fonológica. 

“Desde o início do ano, trabalhamos sequências voltadas para a alfabetização com diferentes gêneros, estamos sempre cantando, recitando e brincando bastante”, explica Natália. Com o uso das ferramentas do netbook, Natalia elabora atividades diferenciadas para alunos em diferentes hipóteses de aquisição de base alfabética, além de trabalhar com interpretação, segmentação de texto em palavras, atividades de escrita, letras móveis, relacionar figuras com os nomes, entre outras. 

Toda a turma está envolvida com a atividade do dia junto ao computador e atentos às orientações da professora Natália. Eles ligam os computadores, acessam o programa que vão usar e observam na lousa o que a professora escreveu. 

As alunas Ashiley Rodrigues, de 7 anos, e Nicolly Gonçalves, 6, contam o motivo de tanto entusiasmo. “A gente tem que fazer um bilhete para o Arthur, que está doente e não veio para a escola hoje”, explica Nicolly, enquanto usa os recursos do editor de textos para deixar o bilhete bem bonito. “Eu vou pintar o meu bilhete para o Arthur de bege e verde, deixar a letras na cor preta é muito sem graça”, diz Ashiley. 


Muito mais que o editor de textos, com o qual os alunos avançaram bastante no acesso ao programa e digitação, eles também exploram outros softwares disponíveis no netbook, como o Tux Paint, o Tux Math e o Sebram, um jogo de lógica com figuras, peças para encaixar, jogos de matemática, entre outros recursos. 

“Com o uso do computador, eles perceberam como construir, por exemplo, uma tabela, o que deve ir em cima e o que vai embaixo, as linhas e as colunas, compreenderam onde devem dispor os dados para completar as informações”. 

Além da localização espacial e percepção do modo como as letras se combinam para formar as palavras, Natália observou que os alunos compreenderam de forma mais fácil como acontecem a operações matemáticas. 

“O uso dos netbooks tem potencializado, principalmente, o raciocínio lógico e a compreensão da leitura e da escrita. Ao seguir os comandos do computador, eles aprendem as designações, o nome de cada etapa, entendem que há uma ordem para se fazer a atividade, e isso facilitou tudo, desde o uso do caderno, a organização e planejamento das atividades até o momento de levantar as mãos para chamar a professora quando estão com dúvidas”.




Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias