Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Alunos do Programa EducaCEU no Parque Continental criam músicas com o uso de netbooks



Por Carla Maio
Publicado em 18/10/2022
Editado em 24/10/2022, às 8:55

157 visualizações


Os alunos dos 4º e 5º anos da EPG Cesar Lattes, que no contraturno escolar participam do Programa EducaCEU no CEU Continental, descobriram que aprender brincando é muito mais divertido. A partir de atividades de musicalização infantil com produção de sons através do corpo, a professora Jacqueline Nascimento lançou um desafio para a turma: criar músicas com o computador.

“A atividade coloca os alunos diante de situações de experimentação de diferentes elementos musicais de modo diferente de uma aula de música, muito mais uma aula de musicalização para que eles percebam o ritmo, pulsação, timbre, melodia, escala, tempo. Para isso, tivemos como referência o grupo musical Barbatuques e experimentações de sonoridades com objetos para a compreensão de pequenas células rítmicas e criação de alguns ritmos”, explica a professora.

De acordo com Jacqueline, a atividade que começou com a proposta de despertar o interesse das crianças pela música resultou em completa imersão dos alunos no universo musical oferecido pela plataforma, com momentos de livre criação.

“Escravos de Jó foi uma brincadeira que ajudou a gente a entender o ritmo. Enquanto a gente cantava, a gente batia uma tampinha na mesa e conseguia perceber a hora de cantar e a hora de não cantar. Então, a professora mostrou o Song Maker nos netbooks, ela abriu o telão para mostrar os ritmos e deixou a gente livre para usar o que queria. Depois que a música ficou pronta, eu salvei e copiei o link para compartilhar”, conta Yago Alves Tomée, de 11 anos.

As escolhas dos graves, agudos e melodias que os alunos fazem no software não são aleatórias e partem de uma sequência de atividades e orientações que Jaqueline demonstra logo no início dos encontros. Dessa forma, os alunos perceberam que todas essas vivências na experimentação e escuta de sons que são produzidos com a observação dos movimentos corporais viram música com o uso das ferramentas da plataforma.


Enquanto manuseia o criador de música do Chrome Music Lab, Kaique Cardoso, 10, mostra bastante desenvoltura e habilidade enquanto experimenta novos sons. “De início, eu percebi que tinhas algumas notas graves e agudas, dá também para ajustar o ritmo com a velocidade, mudar os instrumentos na melodia e trocar a base eletrônica para bateria ou conga, e foi assim que eu criei minha primeira música”, conta Kaique.

Os netbooks, equipamentos com sistema operacional Windows 10 e pacote Office, estão disponíveis nas escolas de ensino fundamental da Prefeitura, CEUs, Centros de Incentivo à Leitura e no Adamastor por meio do Plug, programa de inclusão digital que conecta os alunos ao futuro, e são parte do laboratório digital destas unidades.

Para conhecer a plataforma Chrome Music Lab, acesse: https://musiclab.chromeexperiments.com/.


Galeria



Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias