Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Sondagem matemática é tema de encontro formativo na EPG Pedrinho e Narizinho



Por Carla Maio
Publicado em 19/10/2022
Editado em 24/10/2022, às 8:53

605 visualizações


Como a criança pensa o sistema de numeração? Como o professor pode ajudar decisivamente no avanço do sistema decimal? Com o objetivo de potencializar as práticas pedagógicas no que diz respeito à sondagem matemática dos alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental, os professores da EPG Pedrinho e Narizinho participaram nos dias 17 e 18 de outubro de formação em hora-atividade com a equipe do Departamento de Orientações Educacionais e Pedagógicas (DOEP), da Secretaria de Educação.

De acordo com a diretora Ângela Arcas, a necessidade de abordar a temática com os professores surgiu a partir da constatação de que as avaliações pouco indicavam o modo como os alunos estruturavam seu pensamento e raciocínio lógico no uso da matemática no dia a dia.

“Nossa proposta é aplicar a teoria e trazê-la para a nossa realidade. É muito importante que essa formação aconteça aqui, no chão da escola, porque estamos lidando diretamente com problemáticas e questões da comunidade que nos cerca”.  

A coordenadora de programas educacionais da Divisão Técnica de Formação da SE, Érica Borges Machado, explica que a sondagem das hipóteses dos alunos fornece as bases e estruturas que vão nortear o ensino de matemática. “Ferramenta essencial para que o professor possa atuar como mediador do processo de construção do conhecimento, a sondagem matemática também é importante para que o professor possa ajudar os alunos a avançar nas hipóteses de escrita numérica, no raciocínio lógico, no pensamento geométrico e no sistema de cálculo, entre outras possibilidades”. 

Durante o encontro, Érica trouxe aos participantes leitura compartilhada da fábula O Juiz e o Ovo, de Malba Tahan, heterônimo do escritor e matemático Julio Cesar de Mello e Sousa. A coordenadora falou ainda do uso social e papel formativo da matemática e do modo como os pressupostos epistemológicos de Jean Piaget e Emília Ferreira justificam os estudos socio motores, segundo os quais uma criança passa de um estágio menor de aprendizado a outro maior, sem que seja possível haver retrocesso na aprendizagem. 

As coordenadoras pedagógicas Fernanda Soares Goldberg e Paula Sanchez da Rocha enfatizaram a importância proposta curricular Quadro de Saberes Necessários, principalmente no que diz respeito ao eixo O Educando e a Educação Matemática. 

“A formação em sondagem matemática realizada na escola pela equipe do DOEP veio para potencializar os saberes e a prática dos professores. Diante de todas as reflexões, apontamentos e observações, o encontro vai possibilitar a aplicação, análise e as devidas estratégias a serem utilizadas pela equipe, com foco no avanço dos educandos nos saberes e no desenvolvimento de habilidades para resolver problemas e lidar com informações numéricas”, explicou a coordenadora Paula. 

Aos participantes da hora-atividade, a equipe do DOEP entregou ainda um guia prático para aplicação da sondagem matemática, com orientações para cada uma das etapas do processo, relação com a proposta curricular, as hipóteses dos alunos a partir do que eles já sabem e observações para a realização de entrevista com os alunos, ocasião em que é possível verificar avanços na aprendizagem. 


Galeria



Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias