Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Guarulhos celebra Dia Nacional da Alimentação Escolar e se destaca pela qualidade dos alimentos oferecidos aos alunos



Por Bárbara Braz
Publicado em 21/10/2022
Editado em 26/10/2022, às 15:07

299 visualizações

Nesta sexta-feira, 21 de outubro, é celebrado o Dia Nacional da Alimentação Escolar e a Prefeitura de Guarulhos é uma das administrações municipais que mais investe na alimentação oferecida a mais de 121 mil estudantes das 256 escolas da rede própria e instituições parceiras. O município também é reconhecido pela qualidade das refeições que chegam aos alunos.

Com cardápio elaborado e monitorado pelos nutricionistas da Secretaria de Educação (SE), a alimentação oferecida tem grande variedade e qualidade de produtos, que são acompanhados desde a aquisição e recebimento dos alimentos ao preparo da alimentação que chega às mesas das escolas, sendo uma das ações prioritárias da Pasta.

O prefeito Guti observa que uma boa alimentação é fundamental para o desenvolvimento da capacidade cognitiva dos alunos. “Não medimos esforços quanto à alimentação escolar. Sabemos da importância da alimentação saudável para o desenvolvimento e maior rendimento na aprendizagem. O cuidado com o que as crianças estão comendo e a importância de incluir alimentos saudáveis em suas refeições é uma realidade em Guarulhos”, destacou.

Diferencial

Entre os alimentos que compõem o cardápio das escolas municipais estão arroz integral, leguminosas, carne bovina, frango e peixe, proteína vegetal, legumes, verduras e frutas, geleia de fruta sem adição de açúcar, bisnaguinhas, pão de leite e pão de forma (tradicional e integral), entre outros. Destaques de produtos que poucas prefeituras têm: aveia, suco de uva integral, pão vegano, polvilho sem glúten, sem ovo e sem leite, macarrão de arroz - sem glúten e sem ovo. Um cardápio saudável e balanceado, sem temperos industrializados, sal no limite certo e níveis de açúcar reduzidos. 

Nas escolas de meio período, seguindo a legislação atual, as crianças recebem 30% do valor energético total necessário para o dia, de acordo com a modalidade de ensino. As que estudam em período integral têm garantidas 70% das calorias que devem ingerir diariamente. Um cuidado que faz toda a diferença na segurança alimentar e no processo de aprendizagem.

Segundo os nutricionistas da SE, os cozinheiros da rede municipal recebem formação e estão capacitados para atuar como educadores nutricionais, o que reforça o compromisso das escolas com a qualidade da alimentação.

Os cardápios da alimentação escolar são elaborados por nutricionistas de acordo com as regras e legislações que embasam o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar). Desde janeiro de 2021, as Resoluções 06 e 20, de 2020, do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) começaram a vigorar como obrigatórias. Em relação às mudanças, as refeições principais (almoço e jantar) sofreram poucas adequações, somente aumentando a frequência de frutas, verduras e legumes, mas mantendo o perfil de alimentos mais naturais e comida caseira, itens e quantitativos que Guarulhos já atendia anteriormente.

Os lanches da manhã e da tarde sofreram várias adequações, por isso, a Prefeitura de Guarulhos ainda está se adequando e buscando novos alimentos que atendam esta demanda. Algumas mudanças, como o desuso de alimentos açucarados e ultraprocessados, que agora são proibidos para menores de três anos e restritos para os alunos maiores, resultarão em uma alimentação mais saudável e de acordo com o guia alimentar para a população brasileira e o guia para os menores de 2 anos.

O cumprimento dos cardápios e segurança alimentar são acompanhados por uma equipe de nutricionistas que realizam visitas técnicas e atendimento remoto para todas as unidades escolares e planejam cardápios ainda mais naturais e nutritivos para todos os alunos da rede municipal.

Além disso, desde o mês de setembro a Prefeitura de Guarulhos iniciou um novo modelo de teste de aceitabilidade para medir o índice de satisfação dos alunos da rede municipal em relação à alimentação oferecida nas escolas.  O teste é o conjunto de procedimentos metodológicos, cientificamente reconhecidos, destinados a medir o índice de aceitabilidade da alimentação oferecida aos escolares, sendo também uma atribuição dos nutricionistas da alimentação escolar.

Outra ação que merece destaque é o projeto Tchau Desperdício, que visa conscientizar a equipe escolar e os alunos da rede municipal a reduzirem o desperdício na alimentação escolar e estimular os estudantes a refletirem sobre o tema.

Necessidades alimentares especiais (NAE)

Um diferencial importante da alimentação escolar, que faz a cidade se destacar no Estado e no País é o atendimento personalizado para os alunos com necessidades alimentares especiais (NAE) com os pais ou responsáveis, possibilitando adequações na alimentação voltadas à condição de saúde do estudante.

Os nutricionistas da SE explicam que cada uma dessas crianças passa por atendimento individualizado, o que garante uma alimentação correta. Esta é uma ação importante no contexto da alimentação escolar, pois além de objetivar a equidade do programa, garante o direito de alimentação adequada a este público específico, em consonância com as Leis 11.947/2009, 12.982/2014 e Resolução 06/2020.

A partir de meados de 2017, observou-se maior adesão e envolvimento das escolas e famílias, possivelmente pela estruturação, maior divulgação e suporte do serviço prestado. Em 2021, devido à pandemia, os atendimentos deixaram de ser presenciais e passaram a ser remotos (por telefone), com os responsáveis dos alunos. Essa ação otimizou a quantidade, não só de atendimentos diários, mas também de visitas técnicas realizados pela equipe de nutricionistas.

A ação realizada pelos nutricionistas da SE já foi tema de trabalhos apresentados no Congresso Brasileiro de Nutrição (CONBRAN) e encontro técnico do ITAL Campinas, referência em alimentação escolar, onde Guarulhos ganhou destaque.

“Atender às necessidades nutricionais dos alunos é uma preocupação constante, de maneira a contribuir com o desenvolvimento e crescimento deles. Os nossos cardápios são diversificados, trazendo alimentos diferenciados, ricos em nutrientes e muito saudáveis”, afirmou o secretário de Educação, Alex Viterale.



Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias