Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Nova temporada das orquestras conta com gravações de álbuns e festival de ópera



Por Carla Maio
Publicado em 03/02/2023
Editado em 03/02/2023, às 14:29

499 visualizações


A Prefeitura de Guarulhos lançou na manhã desta quarta-feira (1º) a Temporada 2023 das orquestras de Guarulhos. O evento, que aconteceu no Teatro Padre Bento, no Jardim Tranquilidade, reuniu jornalistas e artistas, membros da Academia Guarulhense de Letras (AGL) e do Sesc Guarulhos e contou com as presenças do secretário de Cultura, Professor Jesus, e do maestro Emiliano Patarra.

Mais do que apresentar alguns dos principais destaques da intensa programação, que conta com cerca de 60 espetáculos durante toda a temporada, o lançamento ofereceu aos convidados um recorte das atividades musicais previstas, como a participação do quarteto de cordas composto por professores do projeto Música nas Escolas que também são instrumentistas da Orquestra Gru Sinfônica.

A cantora Céllia Nascimento deu uma pequena mostra do repertório da terceira edição do espetáculo Samba em Concerto, que acontecerá no próximo dia 25, sábado, às 20h, no Teatro Padre Bento, e que marcará a abertura da Temporada 2023 com a Orquestra Jovem. Sob regência de Emiliano Patarra, com arranjos de Fernando Gomes e curadoria da própria Céllia, Samba em Concerto é parte da série Nossa Gente e convida ao palco artistas da cidade como Teresa Gama, Fernando Lima e Carlão da Vila.

“Nosso objetivo é oferecer aos munícipes uma temporada de alta qualidade, seja pela qualificação técnica dos instrumentistas, seja pelo referencial artístico dos artistas guarulhenses. Isso impacta muito mais a rotina cultural da cidade, pois, além de inserir Guarulhos em um circuito artístico nacional bastante reconhecido, desperta gostos e interesses, que aos poucos vão se alinhando aos de grandes polos culturais de nosso país”, comemorou Professor Jesus.

Novidades

Aquarela, Convidados Especiais, Sangue Novo e Nossa Gente são os nomes das quatro séries de espetáculos que celebram a nova sede da Gru Sinfônica e da Orquestra Jovem: o Teatro Padre Bento. Desde maio do ano passado o espaço passou a abrigar tanto as orquestras quanto outros projetos do Conservatório de Guarulhos, como a Banda Sinfônica, coordenada pelo maestro Marcelo Mendonça, e a Roda de Choro do Samuka, dirigida pelo professor JG, além dos encontros formativos em dança, teatro e circo da Escola Viva de Artes.

Em 2023 a Prefeitura, por meio da Secretaria de Cultura, realizará o 2º FOG - Festival de Ópera de Guarulhos, série de récitas que consolidam o gênero na cidade. Em meio às novidades estão ainda a participação das orquestras da cidade em gravações de álbuns com obras de compositores com vasta experiência musical, e o GruCanto, o primeiro concurso de canto da cidade de Guarulhos.

Série Convidados Especiais

Convidados categorizados compartilham sua técnica e a sensibilidade de suas interpretações em espetáculos que inserem definitivamente Guarulhos no circuito artístico nacional. No próximo dia 26, domingo, às 17h, o violinista Davi Graton, que foi spalla da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), estreia espetáculo da Orquestra Gru Sinfônica na temporada 2023 executando o Concerto para Violino em Ré Maior e a Sinfonia nº 3 de Johannes Brahms, sob regência do maestro Luiz Fernando Malheiro.

Em março a Orquestra Jovem convida a Filarmônica de Pasárgada, sob regência de Emiliano Patarra, ao Teatro Padre Bento. Em julho a série Convidados Especiais destaca a apresentação da violoncelista brasileira Marina Martins, com o Concerto para Violoncelo nº 2 de Dmitri Shostakovich. E em setembro, Guarulhos recebe Ligia Amadio, regente da Orquestra Filarmônica de Mendoza, na Argentina, e o pianista Leonardo Hilsdorf para apresentarem as Bachianas Brasileiras nº 3, de Heitor Villa-Lobos.

Série Nossa Gente

Além da 3ª edição do Samba em Concerto, sobem ao palco do Teatro Padre Bento em 2023 artistas da tradição popular, como o Duo Inhambu, o instrumentista e compositor Robson Nascimento e artistas de outras linguagens, como o palhaço e ator Lucas Branco e o coreógrafo Hélio Lima, que apresenta o balé A Sílfede, executado pela Orquestra Jovem com regência de Kevin Camargo, em abril.

A série Nossa Gente aborda a cidade a partir de sua intensa atividade de produção cultural nas mais diversas linguagens, abrindo espaço para que alguns dos artistas locais possam dividir o palco com as orquestras de Guarulhos, em espetáculos criados especialmente para tais encontros.

Série Aquarela

Como na temporada passada, o público infantil continua a ocupar lugar de destaque em 2023, com espetáculos consagrados dedicados a essa faixa etária. Para reforçar o trabalho formativo e pedagógico das orquestras e apresentar a música de concerto para as crianças de forma criativa, em março a temporada contará com a dupla de instrumentistas Diogo Maia e Daniel Oliveira, com o espetáculo Clownrinetas em ConSerto, e em maio com o grupo Barbatuques, em espetáculos nos CEUs da cidade.

Série Sangue Novo

Incentivar os novos talentos da música, a criação de obras inéditas e circulação de obras novas da música de concerto, aproximar o público dos solistas que estão surgindo e trilhar os novos rumos pelos quais caminha a música de concerto são alguns dos objetivos da série Sangue Novo.

Além do já conhecido GruPiano, a Temporada 2023 apresenta o GruCanto, o primeiro concurso de canto da cidade de Guarulhos. A série Sangue Novo também se dedica ao lançamento de obras inéditas de compositores brasileiros, encomendadas especialmente para as orquestras, com primeira audição mundial na cidade. Em julho acontecerá a estreia de uma obra do compositor João Guilherme Ripper e, em novembro, da obra Paisagens Brasileiras, de André Mehmari.

Esta temporada traz ainda o II Festival de Ópera de Guarulhos, composto por espetáculos fundamentais para consolidar a tradição do gênero na cidade e contemplar diferentes facetas. Em sua segunda edição, o festival apresenta a consagrada ópera Gianni Schicchi, clássico da comédia de Giacomo Puccini, que será executada pela Orquestra Jovem em setembro no Teatro Adamastor.

Outra obra ainda pouco encenada, mas muito instigante do ponto de vista instrumental, de enredo provocante e de grande importância para o gênero é a ópera A Médium, do italiano Gian Carlo Menotti, peça para grupo de câmara que será executada em agosto pela Orquestra Gru Sinfônica no Teatro Padre Bento.

Já a primeira audição brasileira da ópera Chapeuzinho Vermelho, do compositor russo Cesar Cui, vai circular em português pelos CEUs de Guarulhos com o objetivo de alcançar um público cada vez maior e mais diversificado.

Gravações

As orquestras de Guarulhos participam ainda da gravação de dois álbuns: o projeto do Duo Siqueira Lima com obras do compositor brasileiro Radamés Gnattali e uma obra encomendada ao compositor André Mehmari para dois violões e orquestra.

As orquestras de Guarulhos também se dedicam à produção de um álbum, gravado pela Gru Sinfônica em parceria com a Faculdade Santa Marcelina, que conta com gravações de composições de João Guilherme Ripper e dos estagiários de composição e regência das orquestras Fernando Gomes, Adriano Carrijo e Kevin Camargo, e uma obra do pianista, maestro, arranjador e compositor brasileiro Edmundo Villani-Côrtes.

Ao adentrar o universo do fonograma, o trabalho das orquestras da cidade torna-se ainda mais conhecido e acessível por meio das plataformas de streaming.

Depois de finalizados os trabalhos de gravação, os lançamentos dos álbuns acontecem no Festival de Inverno de Campos de Jordão, na Sala São Paulo e no Teatro Padre Bento, em Guarulhos.  

Para saber mais sobre a temporada 2023 das orquestras de Guarulhos acesse https://orquestrasdeguarulhos.com/.

Fotos Michel Wakin/Guarulhos Online

Galeria



Assuntos Relacionados

Cultura


Outras Notícias