Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Programação cultural com palestras e entrega de livros a alunos da rede municipal marca a abertura do Abril Literário



Por Danielle Andrade
Publicado em 05/04/2023
Editado em 12/04/2023, às 16:44

623 visualizações

O Teatro Adamastor recebeu na manhã desta quarta-feira (5) a abertura do Abril Literário 2023 - Literalmente Isso..., com o tema Da Diversidade Humana à Diversidade Literária. Promovido pela Secretaria de Educação de Guarulhos, o evento celebra ações que asseguram e democratizam o acesso ao livro pela população guarulhense.

O Abril Literário é permeado por atividades culturais e literárias como palestras, oficinas, contações de histórias, rodas de conversa, saraus, debates, formações e apresentações diversas.

A partir do tema, o Departamento de Orientações Educacionais e Pedagógicas (DOEP) apresenta a escola como um espaço de encontro de diversas culturas, que se reconhece nas diferenças e da individualidade de cada um, com propostas que possibilitam aos educandos se expressarem e vivenciarem manifestações culturais, na perspectiva do multiculturalismo.

A diretora do Departamento de Orientações Pedagógicas de Guarulhos, Solange Turgante, enfatizou a importância de incorporar práticas de leitura no cotidiano dos alunos. “A leitura é parte de todos os ambientes nos quais crianças, jovens e adultos estão inseridos, por isso essa prática deve permear nossas ações e os livros devem estar ao alcance dos educandos, assim como os demais materiais que compõem o acervo da sala de aula”, explica. A diretora observou ainda a importância de práticas que, além da sala de aula, incentivam a leitura no ambiente familiar.

Participantes da abertura do Abril Literário, os alunos do Ensino Fundamental da EPG Padre João Álvares receberam os livros Outros Sons Africanos para Crianças Brasileiras, de Rogério Andrade Barbosa, e O Dinossauro que Fazia Au Au, de Pedro Bandeira, obras que integram o acervo do programa Minha Sala de Leitura, política pública que desde 2018 assegura a todos os estudantes da rede municipal o acesso a obras literárias.

Encontrar a nossa própria voz

Durante toda esta quarta-feira coordenadores pedagógicos, professores do programa Educa Mais, formadores do programa Leia, professores do atendimento educacional especializado e da educação especial participam das atividades de lançamento do Abril Literário 2023.

Além de contação de histórias do livro Outros Sons Africanos para Crianças Brasileiras, com a atriz Paula Maria Knoll, a abertura contou com palestra da educadora social e ativista da causa do livro, da literatura e de bibliotecas Bel Santos Mayer, coordenadora do Instituto Brasileiro de Estudos e Apoio Comunitário e cogestora da Rede LiteraSampa.

“Ler é dar voz, é encontrar a nossa própria voz, e a literatura nos ajuda nesse encontro, pois além de espelho, que permite que nos vejamos, ela também é retrovisor, que nos ajuda a olhar para aqueles que vieram antes de nós. Quando encontramos pessoas que conseguiram achar palavras para falar sobre si e sobre o mundo nos sentimos encorajados a encontrar nossa própria palavra”, explicou Bel ao observar a importância de incentivar os mais jovens a criar cadernos de leitura, nos quais é possível registrar suas descobertas, sentimentos e impressões sobre os livros.

O evento contou ainda com a mesa temática Vivências e Narrativas: Por uma Literatura Inclusiva, com a presença dos escritores Cesar Obeid, Jobana Moya e Viviane Midori Kotaki Silva.

À noite acontece a oficina Poética sobre a Escrita como espaço de invenção, com o escritor Daniel Carvalho e participação especial do Slam do Prego com VickVi e Nuel. A oficina reúne coordenadores pedagógicos e professores da Educação de Jovens e Adultos do Ciclo I e de língua e cultura portuguesa do Ciclo II no Salão de Artes do Adamastor.

Os pensamentos voam e as palavras se conectam

Ainda na abertura foi realizado o lançamento do 1º Concurso Literário Os pensamentos voam e as palavras se conectam, destinado a todos os educandos das Escolas da Prefeitura de Guarulhos e Instituições Parceiras e alunos da EJA também poderão participar. O Edital do concurso sairá em breve no Diário Oficial do município de Guarulhos.

O concurso ocorrerá a cada dois anos e objetiva valorizar as produções literárias das escolas, de modo a promover um espaço para que crianças, jovens e adultos expressem suas ideias e vivenciem o processo de criação de livros. A temática desta primeira edição é “Da diversidade humana à diversidade literária” (mesmo tema do Abril Literário deste ano), e convida a refletir sobre a interlocução entre a literatura e os processos sociais que marcam a diversidade humana.

Mais atividades 


Na próxima quinta-feira (13), às 14h, também no Salão de Artes, acontece encontro formativo de vice-diretores e supervisores escolares com a escritora Luciene Müller com o tema Enfrentamento às Vulnerabilidades por Meio da Paixão pela Literatura.

No canal da Secretaria de Educação no YouTube (https://www.youtube.com/@saberesemcasa) serão transmitidas palestras com os escritores Sergio Vaz, Rogério Andrade Barbosa, Pedro Bandeira e Andréa Avelar.

O Abril Literário 2023 segue até o final do mês com uma programação repleta de atividades e atrações para os munícipes e apreciadores da literatura. Todas as escolas da Prefeitura, instituições parceiras, Centros Municipais de Educação, Centros de Educação Unificados (CEUs) e as bibliotecas de Guarulhos promoverão várias atividades e encontros literários com alunos e a comunidade.

Saiba mais em https://portaleducacao.guarulhos.sp.gov.br/wp_site/abrilliterario/.





 

Galeria




Outras Notícias