Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Mães e filhas participam de edição especial do programa Mulheres que Cantam



Por Carla Maio
Publicado em 09/05/2023
Editado em 10/05/2023, às 11:08

355 visualizações


O programa Mulheres que Cantam celebra o Dia das Mães com especial nesta sexta-feira (12), a partir das 19h, no teatro Adamastor. O programa convida ao palco mães e filhas cantoras, mulheres cujas performances evidenciam a força da música brasileira, representada na expressividade da voz feminina. O evento tem classificação livre e é aberto ao público em geral.

Elli Sabino e Juliana Fróes, Midiã Soares e Heloisi Soares e Rosa Zupo e Kyri são as participantes da 21ª edição que, juntas, protagonizam histórias de valorização da mulher. Em meio ao repertório, o público confere composições autorais e versões, canções que passeiam por diferentes gêneros musicais.

Para destacar ainda mais a amplitude e versatilidade artística em suas edições, o Mulheres que Cantam traz agora coletivos de dança e coro feminino, além de grupos musicais conduzidos por mulheres. Dessa edição participam também a dançarina Ercília Rodrigues, alunos do Projeto EducaDança e a poetisa Karin Gama.

Iniciativa da Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Cultura, o programa Mulheres que Cantam é coordenado e apresentado pela cantora, pianista e compositora Aline Rissuto e tem direção artística do agente cultural Paulinho Trewasae.

Para saber mais, acompanhe o perfil do projeto no Facebook e Instagram

O Teatro Adamastor fica na Av. Monteiro Lobato 734, no Macedo.

Sobre as mães e filhas cantoras

Elli Sabino e Juliana Fróes  

Elli tornou-se mãe aos 22 anos. Dedicou-se ao máximo à educação das filhas, agora, mulheres já formadas com suas famílias. Gosta muito de organizar as coisas e seu passatempo é ouvir músicas que a inspiram, ler livros espíritas e romances, jogar paciência e fazer palavras cruzadas. Juliana tem 35 anos, cantou no Coral do colégio onde estudava. Trabalha com TI na área de recursos humanos. Ama cantar nos encontros de família e aproveita esses momentos para compartilhar essa arte com sua mãe e seu pai. Também gosta de assistir séries, ir ao cinema, curtir seus pets e ir à academia. 

Midiã e Heloisi Soares

Midiã Soares é cristã, casada, mãe e estudante de Psicologia. Ama sua família, cozinhar, sua vida é cantar. Canta desde os 7 anos, tem disco lançando e está com novos projetos vindo por aí. Ela é cheia de planos e tem um objetivo: alcançar o céu com sua voz. Sua filha Heloisi tem 11 anos, gosta de fazer brincadeiras para os outros rirem e ama aprender coisas novas. Cantou a primeira vez na igreja e não parou mais, vem se empenhando na área musical.

Rosa e Kyri Zupo

Rosa tornou-se mãe aos quase 40 anos. Para ela foi um presente especial dado pelas providências. Sua rotina não mudou em nada, apenas lhe permitiu olhar a vida com outros ângulos. O relacionamento entre mãe e filha é como de irmãs, que discutem, discordam, aconselham, riem, choram e compartilham da mesma arte na música e outras culturas. Não há nada no mundo que Kyri ame mais que a arte, em todas as suas formas. Kiry vai fazer 20 anos e tanto a pessoa Walkyria quanto a artista Kyri andam juntas, sem muita divergência, para que possa ser o mais real possível sobre seus sentimentos quando canta, toca ou escreve. A arte da escrita foi a forma que ela encontrou para se desprender de seu casulo e libertar-se. Kyri canta em japonês, chinês, estuda e fala mandarim, inglês, italiano, espanhol e até sueco. Em 2023, começou a cursar a faculdade de Letras.




Assuntos Relacionados

Cultura


Outras Notícias