Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Ação em escolas da rede municipal alerta sobre riscos de balões, pipas e drones perto do aeroporto



Por Danielle Andrade
Publicado em 21/06/2023
Editado em 26/06/2023, às 11:50

526 visualizações

Para conscientizar a população sobre os perigos de soltar balões e pipas e a manusear drones no ambiente aeroportuário, a GRU Airport deu início, nesta semana, a uma campanha em cinco escolas da Prefeitura de Guarulhos, localizadas em bairros da região de Cumbica, próximas ao aeroporto internacional. A ação conta com palestras e apresentações lúdicas para alertar principalmente jovens e crianças.

Durante esta época do ano a prática se torna mais frequente com as comemorações juninas e a chegada das férias escolares. Os alunos da EPG Tom Jobim, na Cidade Seródio, aprenderam que, no Brasil, soltar balões é crime ambiental e pode provocar incêndios, ocasionar colisão de aeronaves, interdições aéreas e muitos outros riscos.

Segundo registros da GRU Airport, concessionária que administra o aeroporto em Guarulhos desde 2012, no ano passado 33 balões invadiram as áreas do aeroporto e foram recolhidas 443 pipas.

Atividades

A apresentação teatral na EPG Tom Jobim destacou a importância das crianças não brincarem com pipas próximo à região aeroportuária e reforçou a proibição do uso de cerol ou linha chilena. Quando em contato com partes dos aviões, a pipa pode enroscar em equipamentos primários de voo, prejudicar os comandos e colocar em risco centenas de pessoas.

De forma lúdica e educativa, as crianças foram orientadas para que a diversão aconteça em áreas abertas e adequadas, como campos de futebol e pipódromos, locais próprios para soltar pipas e aproveitar momentos de lazer. “Hoje eu aprendi que não podemos soltar pipas perto do aeroporto porque é perigoso, e onde há fios de eletricidade também não pode, mas sim em locais que sejam seguros pra mim e para os meus amigos”, comentou o aluno do 2º ano da EPG Tom Jobim, Rodrigo Júnior, de sete anos.

As ações de conscientização enfatizam ainda que o uso irregular de drones pode causar a suspensão de pousos e decolagens, entre outros perigos. Por isso é necessário instrução e autorização prévia para voo, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Galeria



Assuntos Relacionados

Currículo Educação Unidades Escolares


Outras Notícias