Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Professores da EPG Maria Firmina vivenciam a história e cultura indígena



Por Danielle Andrade
Publicado em 08/08/2023
Editado em 14/08/2023, às 8:40

776 visualizações


Professores da EPG Maria Firmina dos Reis, no Bonsucesso, receberam nesta segunda-feira (7) a visita do indígena Awa Kuaray Werá, da etnia Tupi, integrante da Reserva Indígena Filhos Dessa Terra, durante formação em hora-atividade. A ação integra a programação do Agosto Indígena 2023, com extensa programação para educadores e alunos da rede municipal de Guarulhos, com formações, estudos e reflexões sobre a história e cultura indígena brasileira. 

Awa Werá estava acompanhado da indígena Maika, da etnia Tupi Guarani - Gavião, que tem sua aldeia mãe no estado do Pará. A hora-atividade abordou a importância do trabalho realizado nas escolas para o fortalecimento das identidades indígenas e o reconhecimento de suas lutas pela manutenção de sua cultura. 

“Em 1500 nosso território foi invadido e precisamos cada dia mais dialogar e desconstruir o imaginário social no ensino da história e cultura Indígena no ambiente escolar. Nossa vestimenta é nossa identidade, apesar disso não precisamos estar vestidos diariamente com todos os acessórios para ser considerado um indígena. Sabemos quem somos e todos precisam conhecer e respeitar suas origens”, explica Awa sobre a identidade e o protagonismo indígena. 

A proposta tem como base as orientações da lei 11.645/08, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática História e cultura Afro-Brasileira e Indígena. 

O indígena Awa Werá é criador da Associação Indígena Arte Nativa Indígena que representa as várias etnias existentes na cidade e contribuiu para a fundação da Aldeias Filhos Dessa Terra, espaço multiétnico de convivência das várias etnias presentes no bairro do Cabuçu. Além disso, também desenvolveu o Projeto Resistência Indígena em Guarulhos, voltado para a implantação da parte cultural. 

Os educadores tiveram a oportunidade de aprender novos conhecimentos, refletir sobre o respeito a cultura indígena brasileira, dentre eles, a importância do Pajé para o povo indígena, o preconceito que os indígenas enfrentam desde crianças nas escolas, como funciona o casamento para o povo indígena, suas responsabilidades e as influências externas do povo da cidade, entre outros assuntos. 

No encerramento os professores se reuniram no pátio para dançar toré, uma dança circular que envolve tradição, música e brincadeira, acompanhada por cantos ao som de maracás e demais instrumentos.  


Programação 

Ao longo do mês estudantes dos 5º anos das Escolas da Prefeitura de Guarulhos (EPG) Deucélia Adegas Pera, Nazira Abbud Zanardi, Gabriela Mistral e Moreira Matos visitarão a Reserva Indígena Filhos Dessa Terra, para vivenciarem a cultura e princípios do modo de viver indígena, ter contato com diferentes etnias, o respeito à ancestralidade e a natureza. 

Na próxima quarta-feira (9) no Teatro Adamastor, acontece Cine-debate com exibição do filme A Última Floresta, documentário dirigido por Luiz Bolognesi e roteiro do Yanomami Davi Kopenawa. A exibição é destinada a coordenadores pedagógicos e diretores de toda a rede municipal. O debate conta com o diretor e cineasta premiado, Luiz Bolognesi e participação da professora indígena Beatriz Pankararu, da Reserva Indígena Filhos Dessa Terra.

Galeria




Outras Notícias