Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Participação dos jovens e adultos da EJA no JEM 2023 destaca atitudes solidárias, cooperação e respeito ao outro e a si mesmo



Por Carla Maio
Publicado em 04/09/2023
Editado em 06/09/2023, às 9:24

634 visualizações


Na última semana, jovens e adultos da EJA participaram das modalidades Resgate, Damas e Dominó dos Jogos Escolares Municipais nos CEUs Pimentas e Rosa de França.  Em um contexto de aprendizagem na qual os participantes têm a chance de adquirir novas aprendizagens e compreender informações, os jogos destacaram atitudes solidárias e de cooperação, participação e respeito ao outro e a si mesmo.

A aluna Karla José de Carvalho, de 21 anos, aluna da EPG Da Emília, contou que foi muito bem acolhida pelas demais turmas participantes durante os jogos. “Estou me sentindo muito alegre e bem, e mesmo perdendo, a gente compreende que, apesar de adultos, estamos aqui para brincar e se divertir”, disse a jovem, que viu nos jogos escolares a oportunidade de sair da rotina e o incentivo para a prática esportiva. “Muitas vezes ficamos em casa, sem nenhuma atividade física, então, o JEM é uma forma de nos incentivar a praticar Esportes”, finalizou.

A prática de Educação Física na EJA deve ser integrada a uma visão de mundo e seu corpo, e deve buscar a interação sobre o que o aluno conhece para estimular à prática de hábitos saudáveis.   

“O mais importante para eles é a socialização e a integração, com isso, a saída da escola para outros contextos de aprendizagem amplia a visão de mundo dos alunos. Sabemos que os jovens e os adultos enfrentam muitos desafios todos os dias, muitas vezes, estão imersos na rotina de ir de casa para o trabalho e voltar para casa”, observou o professor de Educação Física, Alexandre Deiroll. 

O professor destacou ainda que, atrelado à socialização, o JEM reforça também aspectos relacionados à saúde, respeito a regras e organização do espaço-tempo, aspectos essenciais trabalhados durante as aulas de Educação Física com as turmas da EJA e que culminam com os objetivos do JEM.

Jandara Yonara Abreu Lopez, 16, aluna da EPG D’Almeida, também falou da emoção de participar dos jogos com alunos de outras unidades escolares, pessoas que, até então, ela não conhecia. “Foi muito dá hora e emocionante, conhecer outras pessoas, jogar o jogo com mais atenção e com alunos de outras escolas, tudo isso nos trouxe muita felicidade”, disse a jovem. 

De acordo com a proposta curricular da rede municipal, a prática de Educação Física na EJA deve considerar o corpo e o movimento como manifestações histórico-culturais construídas ao longo da vida, situadas dentro de contextos socioculturais.

Para saber mais sobre o JEM 2023, clique aqui.

Galeria




Outras Notícias