Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Mostra Cultural da EPG Selma Colalillo Marques oferece recorte do trabalho realizado ao longo do ano



Por Carla Maio
Publicado em 31/10/2023
Editado em 31/10/2023, às 13:37

542 visualizações


No último dia 20 de outubro, a EPG Selma Colalillo Marques, na Vila Rio, realizou a Mostra Cultural do Projeto Cuidar e Amar, parceria família e escola... o mundo agradece. Para acolher os visitantes da mostra, a equipe utilizou os espaços internos e externos da escola, os murais, armários do pátio e as salas. 

As exposições retrataram um trabalho coletivo e afetivo entre escola e família na perspectiva da sustentabilidade. Já no início do ano, as turmas da manhã ficaram responsáveis pela coleta de potes de vidro, que após pesquisas e experiências, foram utilizadas na confecção de terrários coletivos e individuais.

Além de observação sobre o ciclo da água, devolutiva das crianças e exposição dos terrários, os alunos do 3º ano fizeram gráficos do resultado alcançado pela turma.


Outra atividade significativa foi a observação da germinação de sementes batata doce pelas turmas do Estágio II da Educação Infantil. Como estímulo musical, os professores apresentaram Sementes, do músico Marcelo D2, música que tematiza as transformações pelas quais as sementes passam. O evento contou ainda com apresentação de dança com a música Olha a Explosão, da Aquarela Kids. 

As turmas da tarde trabalharam a coleta seletiva, reaproveitamento de materiais e enfatizaram os bons hábitos e cuidado com a natureza e realizaram exposição de folhinhas de suculenta, jogos feitos com materiais recicláveis, maquetes, papa-pilhas e caixinhas do jogo da coleta seletiva. 

A turma do 4º ano fez um trabalho de pesquisa e criação com base na obra do artista Vik Muniz, após assistirem o documentário Lixo Extraordinário escolheram duas personalidades mundiais e reproduziram com sucatas as obras abaixo, culminando numa exposição fotográfica.


O passo a passo da observação do ciclo de metamorfose das lagartas culminou com a soltura de borboletas.

“A participação das famílias na Mostra Cultural do nosso Projeto foi significativa. As dicas culturais, exposições, danças, sala sensorial e musical cumpriram seu objetivo de sensibilizar os visitantes, dentre eles os alunos da APAE”, explicou Deise Abrantes, coordenadora pedagógica da unidade escolar.


Galeria




Outras Notícias