Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Participação da comunidade da Vila São Rafael evidencia sucesso de mostra na EPG José Jorge Pereira



Por Carla Maio
Publicado em 15/12/2023
Editado em 20/12/2023, às 11:25

625 visualizações


A mostra cultural de final de ano da EPG José Jorge Pereira foi marcada por intensa participação da comunidade da Vila São Rafael, ação que teve como tema As Aprendizagens e os ODS: Educando para a Sustentabilidade na Perspectiva do QSN.

Pautada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), a mostra com os resultados do projeto aconteceu na última terça-feira (12), e contou com exposições dos percursos, apresentações, atividades e pesquisas das crianças desenvolvidas durante o ano, e que se conectam com o tema da educação para a sustentabilidade.

“Quando evidenciamos esse traço de sustentabilidade em pequenas ações e mudanças, e associamos tudo isso com o ensino e a aprendizagem, as crianças acabam levando novos hábitos também para suas famílias, e assim, podemos verdadeiramente atuar na transformação, agindo no local para mudar o global”, enfatiza a coordenadora pedagógica Michelle Tambroni ao citar a agenda 2030 da ONU e os 17 objetivos da ODS.

Ações e espaços de sustentabilidade


Grande atração dentre os visitantes, o Bazar Sustentável ofereceu artigos diferenciados, criados com materiais reutilizáveis, e a possibilidade de reverter a ação em benefícios para as crianças da escola e estimular a economia circular e solidária.

Além da apresentação do Coral JJP, os alunos do programa Música nas Escolas abrilhantaram o evento com apresentação no complexo do CEU Vila São Rafael, breve recorte das atividades de musicalização realizadas com os músicos da Orquestra GRU Sinfônica. 

“Eu fiquei gelada, com muita vergonha, nunca me apresentei para tantas pessoas, eu gostei muito”, disse Thamara Gomes Soares, de 9 anos, aluna do 3º ano. A mãe da menina, Mônica Gomes Soares, também gostou da apresentação das crianças. “Depois que começou a fazer as aulas de música, a Thamara vive cantando, ela trouxe a música para dentro de casa”, vibrou a mãe.

Dentre as demais ações de sustentabilidade da mostra, o evento ofereceu espaço de experimentação e exploração dos elementos da natureza e entrega de presentes feitos de plástico reciclado, itens produzidos por familiares de alunos da escola e entregues a todos os educandos pelo Papai Noel.

Diferentes opções e alternativas


A coordenadora pedagógica Camila de Camilis destacou o intenso envolvimento do grupo de professores e estagiários no projeto como um dos diferenciais para o alcance dos resultados obtidos. “A aceitação do grupo foi imediata, desde o replanejamento tudo fluiu naturalmente e o resultado é esse, um processo que denota grande empenho de todos e a culminância de um projeto que dialoga com nossas demandas diárias”. 

Tira-gosto de casca de batata, bolo de casca de banana, pastel assado com talos de agrião, macarrão com ramas de cenoura. A professora Patrícia Chaterine Fernandes explicou que os espaços de exposição e experimentação dialogam com tudo o que foi feito durante o ano, sobretudo pela abordagem das ODS que apontam a necessidade de promover a agricultura sustentável.

“Nosso trabalho teve como foco a fome zero, a alimentação saudável e erradicação da pobreza, então, pesquisamos e buscamos, no dia a dia, alternativas para alcançar e promover uma alimentação mais saudável”, explicou a docente enquanto servia aos visitantes saboroso suco feito com cascas de manga e brigadeiro com cascas de banana.


Galeria



Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias