Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Educação de Guarulhos participa de seminário sobre gestão intersetorial em Mauá



Por Carla Maio
Publicado em 22/04/2024
Editado em 25/04/2024, às 8:56

546 visualizações


A Secretaria de Educação participou na última quarta-feira (17) do Seminário Trilhas de Aprendizagem em Intersetorialidade na Educação, evento com os sistemas de ensino promovido pelo MEC no Centro de Formação de Professores Miguel Arraes na cidade de Mauá (SP). 

Sob a ótica da gestão intersetorial, o encontro objetivou o debate sobre questões sociais como a pobreza e a violência, a migração e deslocamento de contingentes populacionais, a fome, as mudanças climáticas e ambientais, a saúde mental, soluções para o desenvolvimento de propostas de educação integral e a promoção de um sistema de garantias de direitos efetivo.

Nesse contexto, a equipe do Departamento de Orientações Educacionais e Pedagógicas (DOEP) apresentou experiências de Guarulhos na Mesa Rede Intersetorial Guarulhos, Cidade que Protege, política pública municipal que busca articular e desenvolver ações intersetoriais voltadas para a garantia de direitos de crianças e adolescentes em situação de violência e promoção da cultura de paz. 

“Esse espaço que nos possibilita conhecer experiências que estão acontecendo em outras cidades nos remete à compreensão das várias conexões que são possibilitadas por um trabalho em rede intersetorial. E necessário pensar sobre o educando como um ser integral, que acessa diversos serviços, portanto, a articulação entre os diferentes setores de governo é crucial para promover uma ação conjunta qualificada que atenda suas necessidades”, explica Ana Paula Souto, diretora em exercício do Departamento de Orientações Educacionais e Pedagógicas.

Em Guarulhos, o programa também se debruça sobre a efetivação do Estatuto da Criança e do Adolescente, a proteção integral dos direitos de crianças e adolescentes e de prevenção às violências e a promoção da cultura de paz, além da produção de documentos para fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos e a realização de campanhas e encontros formativos com professores dos sistemas de ensino e redes de apoio.

“As ações desenvolvidas pela Comissão Intersetorial que compõe a rede Guarulhos, Cidade que Protege estão alinhadas com outras experiências no que diz respeito à constituição de uma comissão permanente para essas discussões e proposição de ações conjuntas. A formação continuada dos envolvidos, as decisões acordadas sempre no colegiado e a construção do Fluxo online das Notificações dos casos de violências contra crianças e adolescentes unificado todos os serviços são o nosso diferencial”, disse Sueli Mariana de Medeiros, psicóloga escolar da Divisão de Políticas para a Diversidade e Inclusão Educacional.

Dentre as inúmeros ações de cidades como São Caetano do Sul (SP), Divinópolis (MG), Uberaba (MG), Aracruz (ES), Magé (RJ), entre outras, compartilhadas durante o evento com foco em intervenções intersetoriais bem-sucedidas, o seminário também destacou o projeto Guaruzinho Com A Trilha Tape Rupi, ação intersetorial desenvolvida pelas secretarias de Educação e Meio Ambiente de Mauá que atende cerca de 2300 alunos por semestre e tem como um dos objetivos a valorização dos patrimônios naturais da cidade e da sua história.


Galeria



Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias