Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Professoras de inglês são selecionadas para bolsas de estudo fora do país



Por Carla Maio
Publicado em 24/05/2024
Editado em 29/05/2024, às 11:16

855 visualizações


As professoras de língua e cultura inglesa do ensino fundamental Rita de Cássia de Jesus Fonsêca Alencar (EPGs Gilmar Lopes e Giovani Angelini) e Rosângela Santana Margotti (EPGs SVAA Evans e César Lattes) e a professora da Educação de Jovens e Adultos Fernanda Salmeron Dias (EPG Deucélia Adegas Pera) foram selecionadas por meio de editais públicos para bolsas de estudos com cursos de aperfeiçoamento nos Estados Unidos e na Irlanda.

Rita e Rosângela embarcam no final de junho para os EUA, onde permanecerão por seis semanas em curso de imersão que objetiva fortalecer as habilidades linguísticas, proporcionar experiências culturais com contextualizações históricas e compartilhamentos de diferentes metodologias.

Desde que começou sua carreira como professora, Rosangela sonha em aprimorar suas habilidades, conhecer novas metodologias de ensino e vivenciar o dia a dia em um país que tem o inglês como língua oficial.

“Estou certa de que essa experiência vai agregar muito na minha maneira de ensinar.  A imersão no ambiente de comunicação em inglês permitirá que eu aprimore minhas próprias habilidades linguísticas e culturais. Isso significa que poderei oferecer aos meus alunos uma experiência de aprendizado mais autêntica e contextualizada”, vislumbra Rosangela.

Impactada por referências culturais, costumes sociais, tradições e aspectos linguísticos, a professora Rita também crê no enriquecimento da experiência de aprendizado dos educandos.

“A convivência em uma comunidade internacional fortalecerá minha percepção sobre como a diversidade acontece em outras regiões, e isso favorecerá minha maneira de lidar com alunos de diferentes origens culturais e linguísticas, promovendo um ambiente de aprendizado mais acolhedor e inclusivo”, pontua a docente.

Já a professora Fernanda embarca para a Irlanda em agosto, onde passará 10 meses em curso de especialização em Liderança e Gestão Educacional na Faculdade Mary Immaculate, localizada na cidade de Limerick. A docente trabalha com projetos educacionais pedagógicos com foco na realidade de mundo dos estudantes da EJA nas escolas da rede municipal, e aborda aspectos como mercado de trabalho, vivência, realização pessoal e profissional de modo a proporcionar-lhes aprendizagem significativa e participativa com claro sentido para seus tempos de vida.

“Com uma melhor compreensão das dinâmicas de liderança e gestão, poderei criar um ambiente de aprendizado mais organizado e eficiente, no qual as necessidades dos alunos são atendidas de forma mais eficaz. A formação também me permitirá desenvolver e implementar estratégias pedagógicas que valorizem a diversidade e as experiências de vida dos alunos da EJA, promovendo um ambiente inclusivo e motivador”, disse Fernanda.

O processo de seleção foi feito mediante a editais disponíveis na CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, que é fundação do Ministério da Educação que fomenta a consolidação da pós-graduação strictu sensu.

As práticas e experiências vivenciadas durante os cursos reverberam em importantes ações pedagógicas para os educandos da rede e compartilhamentos potentes com os professores nos encontros formativos, promovendo interações e despertando o interesse em outros colegas a participarem de chamamentos públicos para formação acadêmica.

Saiba mais sobre a professoras participantes:

Mergulhando de cabeça


Desde que começou sua carreira como professora, Rosangela Santana Margotti conta que sempre sonhou em aprimorar suas habilidades, conhecer novas metodologias de ensino e vivenciar o dia a dia em um país que tem o inglês como língua nativa. Além da empolgação com a possibilidade de trocar experiências com outros professores de inglês de diversas partes do Brasil, Rosangela também está na expectativa para mergulhar de cabeça nesta experiência imersiva, aprender novas tecnologias voltadas ao ensino de inglês para crianças e entender mais sobre as técnicas inovadoras que estão sendo usadas nas salas de aula americanas e trazer esse conhecimento de volta para os seus alunos no Brasil.

“Participar do Programa de Desenvolvimento Profissional para Professores de Língua Inglesa (PDPI) nos Estados Unidos será um divisor de águas na minha carreira e, especialmente, na minha atuação em sala de aula. Estou certa de que essa experiência vai agregar muito na minha maneira de ensinar.  Primeiramente, a imersão no ambiente nativo do inglês me permitirá aprimorar minhas próprias habilidades linguísticas e culturais. Isso significa que poderei oferecer aos meus alunos uma experiência de aprendizado mais autêntica e contextualizada. Eles não só aprenderão a língua, mas também entenderão melhor as nuances culturais que a acompanham. Além disso, o contato com novas metodologias e técnicas de ensino será um grande diferencial. Durante o programa, terei acesso a uma série de estratégias inovadoras que poderei adaptar para a realidade da minha sala de aula”.

Emoção indescritível


Rita de Cássia de Jesus Fonsêca Alencar acredita que o Programa nos Estados Unidos vai enriquecer sua experiência profissional e contribuir com práticas educacionais mais inclusivas nas escolas onde atua. Impactada por referências culturais, costumes sociais, tradições e aspectos linguísticos, a docente também crê no enriquecimento da experiência de aprendizado dos educandos.

Dentre tantas expectativas, Rita deseja aprimorar habilidades linguísticas, melhorar a fluência e precisão, compartilhar com os colegas experiências e melhores práticas de ensino e colaborar em projetos educacionais, além de estabelecer parcerias de longo prazo e oportunidades de colaboração internacional no campo da educação em inglês.

“A convivência com uma comunidade estrangeira fortalecerá minha percepção sobre como a diversidade é promovida em outras regiões, e isso favorecerá minha maneira de lidar com alunos de diferentes origens culturais e linguísticas, promovendo um ambiente de aprendizado mais acolhedor e inclusivo. Nesta formação terei contato com novas metodologias de ensino, estratégias e técnicas pedagógicas, que permitirão que eu planeje e ministre aulas mais envolventes, interativas e eficazes”.

Ampliar a realização pessoal e profissional dos alunos


A participação de Fernanda como bolsista da Capes no curso de especialização em liderança e gestão educacional na Irlanda é resultado de aspectos docentes importantes, principalmente pela forma como sempre contribuiu ativamente para o desenvolvimento dos educandos das turmas da EJA nas escolas da rede municipal. Fernanda trabalha com projetos educacionais pedagógicos com foco na realidade de mundo dos estudantes, valorizando aspectos como mercado de trabalho, vivência, realização pessoal e profissional, de modo a proporcionar-lhes aprendizagem significativa e participativa com claro sentido para seus tempos de vida. 

“Minhas expectativas de aprendizado durante este período incluem adquirir uma compreensão profunda das teorias e práticas de liderança e gestão educacional, com foco em como essas práticas podem ser aplicadas para melhorar o ambiente escolar e os resultados dos alunos. Espero desenvolver habilidades em gestão de equipe, resolução de conflitos, planejamento estratégico e implementação de políticas educacionais eficazes. Essa especialização impactará significativamente minha prática em sala de aula, especialmente com os alunos da EJA (Educação de Jovens e Adultos). Com uma melhor compreensão das dinâmicas de liderança e gestão, poderei criar um ambiente de aprendizado mais organizado e eficiente, onde as necessidades dos alunos são atendidas de forma mais eficaz. A formação também me permitirá desenvolver e implementar estratégias pedagógicas que valorizem a diversidade e as experiências de vida dos alunos da EJA, promovendo um ambiente inclusivo e motivador. Além disso, terei ferramentas para engajar e inspirar outros educadores a adotarem práticas inovadoras e eficazes, contribuindo para a melhoria contínua da educação”. 




Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias