Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos

ODS’s em ação: trabalhando o desenvolvimento sustentável na educação infantil


Temática: Ambiental
Recurso(s): Receitas Reconto de clássicos Vídeos Rodas de conversa Produções coletivas Contação de histórias Reflexões Criações de cantinhos
Autor(es): Michelle Tambroni Correia da Silva
Colaborador(es): Professoras da unidade: Cintia Gonçalves Borges, Claudia Soares Gomes, Gilmara Andreza Rocha Gushi Dalmaso, Cecilia Angélica Bernardo, Damaris Justino Pereira, Katia Sirlange Cunha Rios Fonseca, Ednice Josefa Barbosa Teixeira, Vera Lucia De Carvalho Viana, Jussara Lira De Souza, Elisangela Mendes Marvilla, Murielle Juliene Fonseca, Djacelma Moreira Bastos, Flávia Cristina Malaquias, Katia Torrente De Souza, Celina Andrade Da Silva, Miriam Kimie Mine Melo, Renata De Godoi Carneiro, Priscilla Aquino Ferreira Cruz, Priscila Pereira De Souza, Vanessa Giacomini Da Silva Santos, Raquel Aparecida De Campos, Jessica Sanches Gallera, Selma Regina Dos Reis Silva Santos, e diretora Claudia Ortolan.
Escola: EPG JOSE JORGE PEREIRA

10546 visualizações

Justificativa: 

Vivemos em um mundo que nos traz, cada vez mais, a importância de trabalhar com a Educação para o desenvolvimento de uma consciência humana acerca das questões que englobam o Desenvolvimento Sustentável. 

Questões Globais como: mudanças climáticas; utilização despreocupada de recursos naturais; discrepâncias sociais e econômicas gritantes; pobreza e condições precárias em relação às necessidades essenciais dos indivíduos; violências decorrentes de preconceitos diversos, dentre eles o racismo e machismo e muitos outros pontos, afetam o dia a dia da humanidade e colocam em risco a vida da atual e das futuras gerações.

Estes problemas geram a necessidade de trabalhar e desenvolver princípios que gerem uma mudança urgente em nosso estilo de vida, assim como uma transformação nos modos de pensar e agir de toda a sociedade. Neste sentido, as Escolas podem ser vistas como ambientes privilegiados, e fundamentais, para o desenvolvimento de habilidades, valores e atitudes que contribuirão com a construção de comunidades sustentáveis.

Ainda neste contexto, 

“Os sistemas de educação devem responder a essa necessidade premente, definindo objetivos e conteúdos de aprendizagem relevantes, introduzindo pedagogias que empoderem os educandos, e instando suas instituições a incluir princípios de sustentabilidade em suas estruturas de gestão.” (UNESCO, 2017).

O trabalho com a sustentabilidade dentro da escola pode ser definida como um conjunto de práticas e ensinamentos, que ocorrem dentro do ambiente escolar, voltados para o desenvolvimento sustentável do planeta. A Agenda 2030 encontra no processo educacional um ambiente propício para o desenvolvimento da consciência de Cidadania Planetária. O papel transformador da Educação perpassa e é complementado por todos os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Os ODS encontram na escola forte aliada na disseminação de sua agenda e como inspiração para a criação de projetos, programas e aulas que visam responder aos diferentes desafios locais, mas sem perder de vista toda a complexidade e as incertezas do global. (RECONECTTA, 2018)

Através da sensibilização do olhar dos educadores, da reflexão sobre os temas abordados pelos ODS e da ligação entre práticas e contextos, é possível provocar uma série de transformações dentro e fora da escola, inspirando toda a Comunidade Escolar envolvida.

Citamos o Instituto Reconectta e seus apontamentos sobre as questões práticas que envolvem o trabalho com a Sustentabilidade, os 17 ODS e a Agenda 2030, para:

1- Orientar, inspirar, engajar e responsabilizar a comunidade escolar e do entorno por seus desafios, em um caminhar coletivo na busca por soluções; 

2- Ampliar o olhar e o interesse para temas como pobreza, desigualdade, direitos humanos e cultura de paz, geralmente menos associados à ideia de sustentabilidade e também pouco trabalhados do ponto de vista curricular;

3- Conectar a escola e comunidade a uma agenda local e global, colaborando na formação de novos líderes que compreendem melhor o sentido e a importância do coletivo e; 

4- Criar oportunidades de aprendizagem ativas e contextualizadas, que valorizam a observação, a criatividade, a inovação e a prototipação de soluções que respondem aos principais desafios reconhecidos pela comunidade escolar e seu território. (RECONECTTA, 2018)

Ainda tratando da Educação como lugar privilegiado para se trabalhar com as questões referentes à Sustentabilidade, o conceito “Educação para o Desenvolvimento Sustentável” (EDS) é abordado pela UNESCO no documento intitulado Educação para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: objetivos de aprendizagem, DE 2017. Neste documento, fica claro que “A EDS deve ser integrada em todos os programas de educação formal, incluindo os cuidados e educação na primeira infância” (UNESCO, 2017).

Sabendo-se que a primeira infância é uma etapa onde se torna imprescindível trabalhar questões relacionadas ao desenvolvimento de valores, princípios e práticas que permearão todo o restante do desenvolvimento do ser humano devido à intensa plasticidade neuronal, típica desta fase e levando-se em conta de que a criança deve ser vista como um sujeito que já é, e não somente virá a ser, a EPG José Jorge Pereira – Unidade II – Educação Infantil, implementa como ação permanente do ano de 2019 o Projeto: ODS em ação: trabalhando o Desenvolvimento Sustentável na Educação Infantil.


Metodologia 

Toda a Unidade Escolar desenvolveu, e continua desenvolvendo, ações e subprojetos que abordam os 17 ODS. A princípio, cada uma das turmas escolheu 2 ODS como foco, não sendo impedidas de abordar outros que viessem a surgir, já que os próprios são indivisíveis e estão conectados. Foram levados em consideração alguns aspectos como: adequação das temáticas e atividades à faixa etária das crianças, considerar o protagonismo e as inquietações dos alunos e trabalhar questões ligadas ao Currículo da Rede e à BNCC.

As turmas utilizaram-se de diversos tipos de registro para a divulgação do trabalho com o projeto, tanto para documenta-lo, quanto para promover a disseminação das temáticas para a Comunidade Escolar.

A seguir estão elencados os ODS, turmas responsáveis, temas e ações, assim como algumas das ações mais amplas e seus responsáveis. 

ODS 1 – Erradicação da pobreza 

Salas responsáveis: EIIA / EIIB

Metas englobadas:

- 1.4 Direitos iguais aos recursos econômicos, bem como acesso a serviços básicos.

- 1.b Estratégias de desenvolvimento a favor dos pobres e sensíveis a gênero.

Ações e temáticas:

- Elaboração de oficinas que ensinem diversas formas de gerar renda para a família (artesanato com sementes, pães, crochê dentre outras) incentivar a participação da família e comunidade não somente como aprendiz, mas também como professores de algum oficio.

- Rodas de conversas com imagens da atual situação do mundo para a conscientização, de que precisamos agir para mudar o mundo em que vivemos.

- Confecção de cartazes com o “mundo ideal para todos os povos”.

Sugestões para ações da sociedade: 

Algumas possibilidades de ação dentro deste Objetivo são: campanhas do agasalho, construção de moradias de emergência (como o TETO e o Habitat para Humanidade), participação em projetos “adote uma criança” com ajuda e acompanhamento mensal e participação e/ou promoção de mutirões de melhorias básicas em comunidades.

ODS 2 – Fome zero e agricultura sustentável

Salas responsáveis: MATERNAIS (manhã e tarde)

Metas englobadas:

- 2.5 Manter a diversidade genética das sementes.

- 2.1 Alimentos seguros e nutritivos.

Ações e temáticas:

- Sementeiras / Banco de sementes.

- Iniciativa para alimentação saudável: apresentação de diversas frutas e legumes.

- Pesquisa e conscientização com as famílias sobre alimentos nutritivos (utilização do livro 101 para realização das ações).

- Filmes com temáticas sustentáveis: Wall-E, Lorax, Rio, Sammy e Happy-Feet.

- Histórias.

Sugestões para ações da sociedade: 

Oferecimento de refeições a pessoas em situação de rua, arrecadação de alimentos não perecíveis, oficinas de aproveitamento integral dos alimentos na comunidade, entrega de cestas básicas, campanhas de conscientização sobre desperdício e construção de hortas comunitárias são algumas das opções de ação que contribuem para o ODS 2.

ODS 3 – Saúde e bem-estar

Salas responsáveis: BERCÁRIOS II A (manhã e tarde)

Metas englobadas:

- 3.9 Abordar a questão da poluição do ar, da água e do solo.

- 3.6 Abordar a questão dos acidentes no trânsito.

- 3.d Redução de riscos nacionais e globais à saúde.

Ações e temáticas:

- Trabalhar com horta sustentável e alimentação saudável.

- Poluição nas cidades.

- Colocar-se (corpo, afetos e reflexões) diante do outro, exercitando a empatia e o respeito.

- Trabalhar contos infantis, envolvendo os temas acima (João e o Pé de Feijão, João e Maria, Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve e os sete anões).

Sugestões para ações da sociedade: 

Alinhadas a este Objetivo, podem ser realizadas ações como mutirões de saúde para a comunidade com especialistas, caminhadas e corridas em grupo, gincanas com as crianças, palestras e oficinas sobre prevenção de diversas doenças, campanhas de doação de sangue e medula óssea e práticas coletivas de exercício ao ar livre.

ODS 4 – Educação de qualidade

Salas responsáveis: TODAS E TODOS OS SETORES DA UNIDADE ESCOLAR

Metas englobadas:

- 4.2 Garantir acesso a um desenvolvimento de qualidade na primeira infância, cuidados e educação pré-escolar, de modo que estejam prontos para o ensino primário.

- 4.5 Eliminar as disparidades de gênero na educação e garantir igualdade de acesso a todos os níveis de educação para os mais vulneráveis, incluindo as pessoas com deficiência, povos indígenas e crianças em situação de vulnerabilidade.

- 4.7 Garantir que todos os alunos adquiram conhecimentos e habilidades necessárias para promover o desenvolvimento sustentável, por meio da educação para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida sustentáveis, direitos humanos, igualdade de gênero, promoção de uma cultura de paz e não violência, cidadania global, e valorização da diversidade cultural e da contribuição da cultura para o desenvolvimento sustentável.

- 4.c Aumentar o contingente de professores qualificados por meio da formação de professores.

Ações e temáticas:

- A promoção da capacitação e empoderamento dos indivíduos é o centro deste objetivo, que visa ampliar as oportunidades das pessoas mais vulneráveis no caminho do desenvolvimento. Todos os níveis de educação estão contemplados neste ODS, que enxerga como fundamental a promoção de uma educação inclusiva, igualitária e baseada nos princípios de direitos humanos e desenvolvimento sustentável.

- Todas as ações, projetos, subprojetos e planejamentos da unidade escolar deverão refletir os princípios desta ODS, visando sempre o desenvolvimento integral dos alunos.

Sugestões para ações da sociedade: 

Arrecadação de material e uniforme escolar, oferecimento de cursos e conhecimento técnico, formação e/ou participação como voluntário em cursinhos comunitários, aulas gratuitas de reforço escolar, engajamento em campanhas “adote um aluno” com ajuda e acompanhamento mensal, oferecimento de cursos para professores da rede pública, arrecadação de livros, contação de histórias e outras atividades educativas lúdicas são algumas das possibilidades a serem exploradas dentro do ODS 4.

ODS 5 – Igualdade de gênero

Salas responsáveis: BERCÁRIOS II B (manhã e tarde)

Metas englobadas:

- 5.1 Discriminações contra meninas e mulheres.

- 5.2 Violências contra meninas e mulheres.

- 5.4 Promoções da responsabilidade compartilhada dentro do lar e da família.

- 5.5 Igualdade de oportunidades das mulheres para a liderança e tomadas de decisão.

- 5.c Promover empoderamento de mulheres e meninas.

Ações e temáticas:

- Releitura de Contos: Branca de Neve, João e o Pé de Feijão, Chapeuzinho Vermelho e João e Maria.

- Projeto Espelho, Espelho meu.

- Abordar a questão das emoções com o Gigante das emoções.

- Responsabilidades da mãe do João na história.

- Brincadeiras sem estereótipos.

- Abordar a questão do consentimento e da prevenção do abuso em crianças.

- Trabalhar a questão de consentimento e prevenção do abuso infantil.

- Outros.

Sugestões para ações da sociedade: 

Este tema super atual e que está sendo cada vez mais trabalho nas empresas apresenta diversas possibilidades de ação, tais como: campanhas de conscientização e estímulo à denúncia de violência doméstica, apoio e voluntariado em projetos para mulheres, oferecimento de cursos de artesanato e possíveis fontes de renda, oficinas e palestras sobre saúde da mulher, bazar na empresa com a venda de produtos de mulheres da comunidade, promoção de aulas de defesa pessoal para mulheres, criação e/ou estímulo a creches comunitárias.

ODS 6 – Água potável e saneamento

Salas responsáveis: ESTÁGIO I B

Metas englobadas:

- 6.1 Acesso universal e equitativo à água potável, segura e acessível para todos.

- 6.2 Acesso a saneamento e higiene adequados e equitativos para todos.

- 6.3 Melhorar a qualidade da água, reduzindo a poluição, eliminando despejo e minimizando a liberação de produtos químicos e materiais perigosos.

- 6.4 Escassez da água.

- 6.6 Proteger e restaurar ecossistemas relacionados com a água.

Ações e temáticas:

- Perceber a importância da água para a vida no planeta e a interferência negativa que as pessoas podem ter no meio a partir de sua realidade social.

- Conhecer as causas da poluição na água.

- Compreender o ciclo da água.

- Reconhecer a importância da água para a vida e suas diversas utilidades.

- Conscientização sobre o desperdício da água.

- Elaborar um painel que mostre o caminho que da água até chegar ao nosso consumo, fazendo um comparativo em relação às interferências negativas do homem neste percurso.

- Realizar rodas de conversa, contações de histórias e contos, exposição de fotos de águas poluídas, trabalhar com poemas, músicas, vídeos e desenvolver murais informativos.

Sugestões para ações da sociedade: 

Arrecadação e envio de água potável para vítimas de catástrofes naturais, arrecadação de recursos para projetos comunitários, participação em mutirões de melhorias em favelas, criação de redes que permitam levar soluções de baixa tecnologia para comunidades que precisem, entre outras, são algumas das possibilidades de ação que podem contribuir para a preservação e disponibilidade deste recurso natural essencial a todos.

 ODS 7 – Energia limpa e acessível

Salas responsáveis: TODOS AS SALAS (FOCO DE TRABALHO DOS ESTÁGIOS)

Metas englobadas:

- 7.3 Eficiência Energética.

- 7.2 Energias renováveis.

- 7.1 Serviços de energia.

Ações e temáticas:

- Programa Boa Energia nas Escolas.

- Consumo consciente de energia.

- Entender o funcionamento da produção de energia hidrelétrica.

- Refletir sobre o consumo energético e procurar formas de reduzi-lo.

- Conhecer outro tipo de produção de energia.

- Experiência da batata (condutor de energia).

- Linha do tempo: antes da energia elétrica.

Sugestões para ações da sociedade: 

Para contribuir com este Objetivo, algumas ações possíveis são: campanhas internas e externas sobre uso consciente de energia, apoio a projetos de pesquisa sobre energia limpa, participação em projetos de implementação de tecnologias básicas em comunidades.

ODS 8 – Trabalho decente e crescimento econômico

Salas responsáveis: ESTÁGIOS II C e D

Metas englobadas:

- 8.2 Modernização tecnológica e inovação.

- 8.5 Emprego pleno e produtivo e trabalho decente para homens e mulheres, inclusive pessoas com deficiências, de forma igualitária.

- 8.7 Abordar a questão do trabalho escravo e trabalho infantil.

Ações e temáticas:

- Investigação sobre o trabalho dos pais.

- Como era o trabalho antigamente.

- Como a tecnologia favoreceu na produção e no crescimento.

- Trabalho infantil.

Sugestões para ações da sociedade: 

Palestras e oficinas sobre educação financeira, aulas sobre conceitos básicos de empreendedorismo, feiras e bazares com artesãos e pequenos produtores, promoção de cursos que gerem possíveis fontes de renda, palestras sobre direito do trabalhador, mapeamento e divulgação de feiras livres da cidade, entre outras, são algumas opções de ação alinhadas ao ODS 8.

ODS 9 – Indústria, inovação e infraestrutura

Salas responsáveis: ESTÁGIOS II C e D

Metas englobadas:

- 9.1 Apoiar o desenvolvimento econômico e o bem-estar humano, acesso equitativo e preços acessíveis a todos.

- 9.4 Tecnologias a favor da sustentabilidade.

- 9.b Apoiar desenvolvimento tecnológico e inovação.

Ações e temáticas:

- Como a tecnologia favoreceu na produção e crescimento.

- O que Indústria, qual seu papel e o que me afeta?

- Produção de roupas, comida, moradia e educação.

Sugestões para ações da sociedade: 

Para atingimento deste Objetivo, as empresas podem contribuir através de apoio e divulgação do financiamento coletivo de projetos inovadores e doação de computadores e outras tecnologias a projetos sociais e escolas públicas.

ODS 10 – Redução das desigualdades

Salas responsáveis: ESTÁGIOS II A e B

Metas englobadas:

- 10.2 Empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos, independente da idade, sexo, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição econômica ou outra.

- 10.3 Garantir igualdade de oportunidades e reduzir as desigualdades de resultado.

- 10.6 Assegurar representação e voz.

Ações e temáticas:

- Trabalhar a redução das desigualdades em todas as esferas, através de vídeos, jogos e brincadeiras e a integração entre os alunos.

- Realizar campanhas de agasalhos, troca de brinquedos, feiras culturais.

- Através de pesquisas buscar informações de como as famílias trazem o sustento de casa evidenciando a importância da mulher no mercado de trabalho e como vem crescendo sua atuação em todos os setores, antes dominados pelos homens.

- Rodas de conversas com imagens da atual situação do mundo para a conscientização, de que precisamos agir para mudar o mundo em que vivemos.

- Confecção de cartazes com o “mundo ideal para todos os povos”.

- Desenvolver o senso de cidadania e democracia através da criação de assembleias e Conselhinho Escolar, trabalhando com a questão de representação social, vez e voz.

- Abrir espaço para a participação ativa da comunidade através de assembleias e pesquisas, assim como ações coletivas e conjuntas.

Sugestões para ações da sociedade: 

Capacitação técnica e oferecimento de oportunidades a refugiados apoio a projetos de educação inclusiva e orientação profissional a jovens de baixa renda são algumas das possibilidades de ação que podem ser exploradas para atingimento do Objetivo 10.

ODS 11 – Cidades e comunidades sustentáveis

Salas responsáveis: BERCÁRIOS II A (manhã e tarde)

Metas englobadas:

- 11.6 Qualidade do ar e gestão de resíduos.

- 11.1 Habitação segura.

- 11.5 Desastres e catástrofes relacionadas à água.

- 11.7 Acessos às áreas verdes para todos.

Ações e temáticas:

- Trabalhar as questões das hortas sustentáveis.

- Abordar os tipos de poluição nas cidades e os impactos das mesmas.

Sugestões para ações da sociedade: 

Algumas ações que se enquadram neste ODS são: mutirões de limpeza e melhoria de praças, praias e outros espaços públicos, construção de horta comunitária e implementação de coleta seletiva na empresa e espaços da comunidade.

ODS 12 – Consumo e produção responsável

Salas responsáveis: MATERNAIS (manhã e tarde)

Metas englobadas:

- 12.3 Reduzir pela metade o desperdício de alimentos.

- 12.4 Manejos adequado de resíduos.

- 12.5 Reduzir substancialmente os resíduos através de meios de prevenção (reciclagem, e reuso).

- 12.8 Garantir informação relevante e sustentável.

Ações e temáticas:

- Rodas de conversa sobre as questões abordadas.

- Receitas com dicas de reaproveitamento de restos de alimentos (parceria com a cozinha).

- Coleta Seletiva.

- Papa Pilhas.

- Feira de Troca de Brinquedos.

- Bazar Solidário.

- Reuniões e palestras para a comunidade com informação consciente e sustentável.

Sugestões para ações da sociedade: 

Promoção de bazares de troca de roupas e brinquedos, palestras sobre consumo consciente, campanha de substituição do copo plástico por canecas e oficinas de aproveitamento de materiais recicláveis são algumas das ações que contribuem para o atingimento do ODS 12.

ODS 13 – Ação contra a mudança global do clima

Salas responsáveis: ESTÁGIO I A

Metas englobadas:

- 13.3 Aumentar a conscientização e a capacidade humana sobre as mudanças climáticas e seus impactos.

Ações e temáticas:

- Respeito ao meio ambiente.

- Emissão de gases automotivos.

- Transportes alternativos (exemplo bicicleta e carona compartilhada).

Sugestões para ações da sociedade: 

Ações alinhadas a este ODS podem ser: campanhas e atividades sobre uso consciente de energia, implementação de coleta seletiva, exibição de filmes sobre aquecimento global, teatro para as crianças sobre a importância de cuidar do planeta e gincana sobre reciclagem.

ODS 14 – Vida na água

Salas responsáveis: BERÇÁRIOS II B (manhã e tarde)

Metas englobadas:

- 14.1 Prevenir e reduzir a poluição marinha de todos os tipos.

- 14.a Aumentar o conhecimento da biodiversidade marinha.

Ações e temáticas:

- Viabilizar a reflexão sobre a vida na água e as necessidades dos animais para sua sobrevivência.

- Desenvolver a noção de responsabilidade e cuidado para com os animais marinhos, tanto no trato de espécies de estimação quanto em relação aos resultados e impactos de nossas ações para os seres de rios, mares, lagos e oceanos.

Sugestões para ações da sociedade: 

Passeio com crianças à nascente e/ou ao rio da cidade, mutirão de limpeza de praias e campanha para a redução do consumo de plástico podem ser boas opções de ação voluntária dentro do Objetivo 14.

 ODS 15 – Vida terrestre

Salas responsáveis: BERÇÁRIOS II B (manhã e tarde)

Metas englobadas:

- 15.1 Ecossistemas terrestres e de água doce.

- 15.2 Florestas.

- 15.5 Extinção de espécies ameaçadas.

- 15.7 Caça ilegal.

Ações e temáticas:

- Abordar questões relacionadas com a natureza e os animais terrestres através da releitura de contos infantis, como Branca de Neve e João e o Pé de feijão.

- Passeio ao Zoológico de Guarulhos na intencionalidade de proporcionar uma reflexão sobre os habitats naturais dos animais e sua criação em cativeiros.

Sugestões para ações da sociedade: 

Sugestões de ações que podem ser organizadas dentro deste tema são: promoção de trilha ecológica, plantação e/ou distribuição de mudas, promoção de uma “pedalada ambiental”, implementação de horta comunitária e oficinas de permacultura e jardinagem.

ODS 16 – Paz, justiça e instituições eficazes

Salas responsáveis: ESTÁGIO I B

Metas englobadas:

- 16.1 Reduzir as formas de violência.

- 16.3 Justiça para todos.

- 16.7 Tomadas de decisões responsivas, inclusivas, participativas e representativas.

- 16.a Liberdades fundamentais.

- 16.b Não discriminação.

Ações e temáticas:

- Conhecer os benefícios da conciliação e da Paz na responsabilidade moral.

- Todos juntos por uma sociedade melhor.

- Valorização das questões relacionadas à amabilidade, respeito ao próximo, tolerância, obediência, amizade, diálogo, amor, natureza, liberdade e defesa.

- Contação de histórias relacionadas ao tema (Boneco da Paz e Gabi em busca pela Paz).

- Rodas de conversa, cartazes, vídeos, músicas e dramatização teatral.

- Caminhada pela Paz Sustentável.

Sugestões para ações da sociedade: 

Promoção de assessoria jurídica gratuita a organizações sociais e pessoas de baixa renda, campanhas pela paz no trânsito, oficinas de comunicação não violenta, promoção de esportes com crianças e jovens de baixa renda, palestras e atividades sobre ética no cotidiano, entre outras, são algumas das atividades que se alinham a este ODS.

ODS 17 – Parcerias e meios de implementação

Responsáveis: Gestão e Professores

Metas englobadas:

- 17.6 Melhorar a cooperação regional e aumentar o compartilhamento de conhecimentos.

- 17.15 Respeitar o espaço político e as lideranças para o desenvolvimento sustentável.

- 17.16 Reforçar a parceria global para o desenvolvimento sustentável por parcerias multissetoriais, que mobilizem e compartilhem conhecimento, experiência, tecnologia e recursos para apoiar a realização dos objetivos de desenvolvimento sustentáveis.

- 17.17 Incentivar e promover parcerias públicas, público-privadas, privadas e com a sociedade civil.

Ações:

- Procurar e implementar parcerias que contribuam com o projeto permanente da escola.

- Parceria com o Instituto Reconectta.

- Participação no Programa Boa Energia nas Escolas da EDP.

Para conferir a tabela, clique aqui 

Resultados observados e Avaliação:

A avaliação do Projeto está sendo pautada na observação e no registro das intervenções e ações, sempre de forma reflexiva sobre o impacto que as atividades representam nas habilidades atitudinais e nas competências dos alunos e da Comunidade Escolar.

Durante todo o processo, a equipe percebeu que as temáticas abordadas pelos ODS já estão dentro do currículo escolar e que basta olhar para eles sob uma perspectiva diferenciada, tendo consciência dos objetivos e relacionando-os com a Agenda 2030.

Acreditamos que a avaliação não possa ser mensurada como produto final, pois ela é viva e pretendemos continuar o tema integrador sempre, trazendo o Desenvolvimento Sustentável como Identidade da Escola. 

Contudo, já notamos, no dia a dia, mudanças de perspectivas, de relações, de consciência, de ações, por parte de todo o coletivo, sejam crianças ou adultos, abordando os temas, mesmo que a partir de uma linguagem única de cada etapa.


Galeria



Outras Práticas Pedagógicas