Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Núcleo de Inclusão do Conservatório Municipal é destaque em Congresso Nacional



Por Carla Maio
Publicado em 28/07/2017
Editado em 27/01/2020, às 14:05

409 visualizações

O núcleo de inclusão musical “Música do Silêncio”, do Conservatório Municipal de Guarulhos, será tema de oficina durante o IV Congresso Nacional CAEM (Central de Apoio às Escolas de Música), que acontece nos dias 29 e 30 de julho, na Universidade Paulista/Campus Indianópolis, na Vila Clementino, em São Paulo. 

Na abertura,  dia 29, às 11h30, os congressistas vão participar de uma oficina de Formação de Banda Acessível, que será ministrada pelo coordenador do núcleo, Fábio Bonvenuto.

De acordo com Bonvenuto, a temática da oficina atende aos objetivos do evento. “O nosso intuito é dialogar com os participantes e propor exercícios sobre a formação e inserção de pessoas com deficiência em uma banda performática, trazendo para o grupo partituras em Braille e sinais musicais em Libras, abordando ainda a relação entre autismo e música”, destaca.

Criado no município de Guarulhos com alunos do Conservatório, “Música do Silêncio” é um Projeto de inclusão que ensinamúsica para crianças, jovens e adultos com deficiência auditiva e visual. Além disso, o Projeto também se destina a pessoas sem deficiência.

O Congresso Nacional CAEM tem como metas a difusão a importância do ensino de música nas instituições. Para tanto, o encontro se materializa na viabilidade do compartilhamento depráticas, conhecimentos e resultados entre músicos e instituições.

Mais informações: IV Congresso Nacional CAEM.

As inscrições são gratuítas e também podem ser feitas pelo site.

 

Sobre Fábio Bonvenuto

Fábio Bonvenuto é educador musical, palestrante, coordenador do núcleo de inclusão do Conservatório Municipal de Guarulhos, idealizador do Projeto Música do Silêncio. Representou o Brasil na Semana Europeia da Mobilidade nas cidades de Vidigueira, Coimbra e Cuba, em Portugal, no programa Fábricas de Cultura em Montevideo, no Uruguai, e ainda em Regensburg, na Alemanha.

 

 




Outras Notícias