Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Espetáculo com sobreviventes de Hiroshima tem apresentação única no Teatro Adamastor



Por Carla Maio
Publicado em 03/10/2022

159 visualizações


Um jovem e duas crianças que estavam na cidade de Hiroshima, no Japão, em 6 de agosto de 1945, data em que a bomba atômica foi lançada, integram o elenco de Os três sobreviventes de Hiroshima, espetáculo teatral que acontece no dia 8 de outubro, sábado, às 19h, no Teatro Adamastor, em Guarulhos.  Os ingressos gratuitos devem ser adquiridos pela plataforma Sympla ou na bilheteria do teatro com antecedência de uma hora do espetáculo. A classificação recomendada é de 10 anos.

No palco, dois sobreviventes do primeiro ataque nuclear da história dão depoimentos sobre uma das piores tragédias da humanidade. Além dos momentos do ataque nuclear, os sobreviventes relatam os dias seguintes da explosão e a imigração para o Brasil.

A partir do gênero teatro-documentário, Os três sobreviventes de Hiroshima reconstrói a história do militar Takashi Morita (em vídeo), na época com 21 anos, interpretado pelo ator Ricardo Oshiro, e das crianças Kunihiko Bonkohara, com 5 anos, e Junko Watanabe, com 2 anos, que estavam em Hiroshima no dia do bombardeio. Em cena, eles atuam no formato de teatro documental, também conhecido como biodrama. Fotos originais e canções da época executadas pelos sobreviventes compõem o clima da apresentação.

O espetáculo

Com roteiro e direção de Rogério Nagai, o espetáculo deu origem ao projeto Sobreviventes pela Paz. A ideia surgiu em 2012 com pesquisas sobre a comunidade nipo-brasileira e a imigração japonesa no Brasil. Foram doze meses de pesquisa com palestras, estudos, debates, lançamento de livro, exibição de documentários, leituras dramatizadas e apresentações teatrais.

Os três sobreviventes de Hiroshima é um espetáculo realizado pela NAGAI Produções Artísticas e Culturais e pela Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Cultura. É a primeira vez que o espetáculo vem a Guarulhos depois de passar por cidades como Curitiba, Rio de Janeiro, Campinas, Ribeirão Preto, Santos, Bauru, entre outras. Ao longo dos últimos 9 anos foram mais de 28 apresentações, vistas por cerca de 15 mil pessoas. 

O texto, ainda que trate de uma tragédia, leva uma reflexão sobre a paz por onde passa, com uma mensagem forte de resiliência, perdão e superação. Colocar os sobreviventes em cena é uma maneira que o projeto encontrou de mostrar a importância de propagar e manter a paz, para que acontecimentos como esse nunca mais se repitam.

Hiroshima

Em 6 de agosto de 1945, no estágio final da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos lança uma bomba na cidade de Hiroshima. Três dias depois, atingem também Nagasaki. Foram milhares de mortos e feridos, além de sobreviventes que buscaram retomar suas vidas depois da tragédia. Os números oficiais informam entre 130 e 240 mil mortos como resultado destes que foram os primeiros e únicos ataques nucleares contra civis em toda a história.

No Brasil, há 70 sobreviventes das bombas atômicas. Após ajuda médica e reconhecimento dado a essas vítimas, os sobreviventes passaram a se dedicar à propagação de mensagens de paz e pelo fim de armas e usinas nucleares no Brasil e ao redor do mundo.

Serviço

Os três sobreviventes de Hiroshima

Data: sábado, 8 de outubro 

Horário: 19h

Local: Teatro Adamastor 

Endereço: Av. Monteiro Lobato, 734 – Macedo, Guarulhos/SP.

Entrada gratuita

Retirada antecipada dos ingressos gratuitos pela plataforma Sympla e na bilheteria do teatro, 60 minutos antes do início do espetáculo

Duração: 60 minutos

Classificação: 10 anos




Assuntos Relacionados

Cultura


Outras Notícias