Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Programa Mulheres que Cantam traz cantoras ao palco do teatro Adamastor



Por Carla Maio
Publicado em 10/04/2023

377 visualizações


As cantoras Ná Carvalho, Simone Soares, Gaby Portela e Paloma du Guetto sobem ao palco do teatro Adamastor para a 20ª edição do Programa Mulheres que Cantam, especial ao vivo nesta sexta-feira (14), às 19h30. O programa tem classificação livre e é aberto ao público em geral.

Juntas, elas protagonizam histórias de valorização, exaltação de talentos e a força da música brasileira, representada na expressividade da voz feminina. Em meio ao repertório há canções de diferentes gêneros, do gospel ao sertanejo, passando pelo rock, pop e música brasileira.

Iniciativa da Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Cultura, o programa Mulheres que Cantam é coordenado e apresentado pela cantora, pianista e compositora Aline Rissuto e tem direção artística do agente cultural Paulinho Trewasae.

Para saber mais, acompanhe o perfil do projeto no Facebook e Instagram. Para saber mais sobre os eventos culturais que acontecem na cidade, acesse https://www.guarulhos.sp.gov.br/agendacultural.

O Teatro Adamastor fica na Av. Monteiro Lobato 734, no Macedo. 

Sobre as cantoras

Ná Carvalho


Ná Carvalho é formada no curso técnico em canto pelo Senac, mas iniciou os estudos musicais na Emesp. Foi umas das ganhadoras do Festival Fest Conexão 2021. No mesmo ano teve seu trabalho premiado na categoria música pela Carta da Terra. Recentemente foi selecionada para o festival Mulheres da Zona Leste, do Projeto Contato Paralelo.

Simony Soares


Autodidata, Simony Soares aprendeu a cantar aos 10 anos. Fez parte de duas bandas de forró da região onde morava e uma banda de axé. Por ser a única filha mulher em uma família com cinco irmãos homens, sofreu muito preconceito e foi barrada em muitas coisas. Quando se casou, teve sua carreira interrompida, sofreu violência doméstica e esteve longe do seu sonho. Após 13 anos, ela volta às atividades com total apoio e carinho de pessoas que realmente a ama.

Gaby Portela


Gaby Portela iniciou no mundo da música aos 16 anos, cantando nas missas da igreja católica exercendo essa função até hoje. Profissionalmente, já cantou em cerimônias de casamentos, festas juninas e jantares íntimos. Suas referências musicais vão do rock e gospel ao sertanejo universitário.

Paloma du Guetto


Começou na cultura hip hop em meados de 2003 com o grupo Du Conceito. É backing vocal com dois álbuns lançados nas ruas, o primeiro intitulado Trajetória Loka e o segundo Anonimato, nome escolhido para levantar os artistas anônimos, e exaltar tantos talentos escondidos. Já fez parte da Virada Cultural, Mês do Hip Hop, faz apresentações em escolas, CEUs e Casas de Cultura. Tem diversos videoclipes lançados em seu Canal do YouTube




Assuntos Relacionados

Cultura


Outras Notícias