Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Formação de professores aborda a educação da pessoa com surdocegueira



Por Danielle Andrade
Publicado em 29/06/2023
Editado em 29/06/2023, às 22:26

543 visualizações


A Secretaria de Educação promoveu na manhã desta quarta-feira (28) formação com o tema Educação da pessoa com surdocegueira, encontro destinado a professores da rede municipal que atuam nas Classes Bilíngues de Surdos, no Atendimento Educacional Especializado e na Educação Especial, que fazem parte do Projeto Professor Referência de Apoio à Inclusão. 

A palestra foi ministrada pela professora mestre Niclaudia Vieira e a professora doutora Beatriz Cavalheiro Crittelli, ambas com trajetória profissional e formação acadêmica voltadas para os processos formativos de educandos com surdocegueira, condição de deficiência única, que pode ser genética ou adquirida, que compromete os sentidos da visão e audição em diferentes graus, sendo de forma total ou parcial.

Durante o encontro foram abordados aspectos básicos da surdocegueira na escolarização e aprendizagem, por meio de exemplos e recursos de comunicação que podem ser utilizados dependendo das necessidades de cada pessoa, tais como: língua de sinais tátil, sistemas de comunicação baseados em grafias (como o braile e a escrita na palma da mão), o alfabeto manual, os sistemas baseados em oralidade, entre outros.

“A socialização é fundamental para todas as crianças ao longo de sua aprendizagem, e o professor precisa permitir que essa educação aconteça de forma inclusiva e de qualidade. Com o educando surdocego, o professor deve trabalhar com possibilidades reais gradativamente, se adequando às necessidades individuais da criança, através de objetos de referência, e entender o conceito para ampliar sua ação motora no ambiente e proporcionar maior autonomia”, destacou a palestrante Niclaudia Vieira.


Dia Internacional da Pessoa Surdocega

A formação foi organizada pela Divisão de Diversidade e Inclusão,  do Departamento do Orientações Educacionais e Pedagógicas (DOEP), em referência ao Dia Internacional da Pessoa com surdocegueira, celebrado no dia 27 de junho. A data marca o nascimento da escritora e ativista social norte-americana Helen Adams Keller. Ela foi a primeira mulher com surdocegueira da história a conquistar uma graduação em nível superior e lutar pelos direitos das pessoas com deficiência. 

“O encontro teve como objetivo contribuir de forma efetiva pela inclusão e dar visibilidade à causa e singularidades das pessoas com surdocegueira por meio da expansão e interiorização das discussões nas escolas e na sociedade, bem como na formação dos decentes envolvidos”, enfatiza o coordenador de programas educacionais da divisão, Rafael Miguel.

Galeria




Outras Notícias