Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Alunos do Atendimento Educacional Especializado têm dia inesquecível em parque de diversões



Por Danielle Andrade
Publicado em 14/09/2023
Editado em 22/09/2023, às 15:37

1498 visualizações

Os alunos do Atendimento Educacional Especializado (AEE) da EPG Manoel Rezende, no Parque Residencial Bambi, tiveram um dia especial de lazer e entretenimento nesta terça-feira (12), com o passeio ao Parque Neo Geo Family, localizado no Internacional Shopping Guarulhos. A iniciativa da Secretaria de Educação visa à inclusão de crianças com deficiência por meio do convívio e do acesso a espaços públicos, além de valorizar e respeitar as diferenças.

As crianças atendidas pelo AEE da Prefeitura de Guarulhos foram contempladas com 1.300 ingressos gratuitos para explorar as atrações no Neo Geo, no PopHaus, no Cinemark e no Patati Patatá Circo Show. A ação foi articulada pela equipe de Diversidade e Inclusão da Educação, por meio das ações realizadas durante a Semana da Pessoa com Deficiência no final de agosto.

“A proposta foi promover ações efetivas voltadas à pessoa com deficiência. Todo o nosso empenho foi pela interação social das crianças e suas referências ou a de seus familiares. Como sou mãe de uma criança autista, sei o quanto é desafiador proporcionar essas experiências enriquecedoras em determinados espaços, e muitas crianças não brincam porque não têm a oportunidade. Nosso papel foi promover momentos de inclusão social e bem-estar das crianças com suas famílias, e que seus familiares vejam que elas são capazes de brincar, respeitando seu tempo de adaptação, afinal brincar faz parte do processo de ensino-aprendizagem também”, explicou Patrícia Matildes, responsável pela Divisão de Diversidade e Inclusão da Secretaria de Educação.


Diversão e inclusão

O acesso à cultura é garantido por lei e deve ser respeitado também para as pessoas com deficiência. É importante que os pais ou responsáveis se informem sobre o direito da meia-entrada e as crianças com transtorno do espectro autista (TEA) também podem ser beneficiadas com ela.

Para garantir o apoio e a orientação necessária das crianças aos brinquedos, a professora da turma do AEE, Edilaine Raquel de Paula, foi acompanhada pelas estagiárias do projeto Na Diferença Se Faz e Se Aprende e por agentes de apoio à inclusão da rede municipal, o que permitiu aproveitarem ao máximo o parque de diversões.

Os alunos compartilharam risadas, abraços, aprendizados e momentos em que celebraram a amizade e a diversidade, além de criar memórias inesquecíveis.

“Eu achei o máximo, foi a primeira vez que meu filho participou do passeio e ainda por cima em grupo. Observei que ele ficou empolgado, sorria, pulava, falava obrigado o tempo todo. Essas interações que ele teve foram muito importantes para socializar e ter contato com outras crianças, de fato sair da rotina”, relatou Fabiana Kojol, mãe de David George Kojol.

Galeria




Outras Notícias