Cookie Consent by FreePrivacyPolicy.com Portal da Secretaria de Educação de Guarulhos


Mostra da EPG Josafá Tito Figueiredo oferece recorte do Projeto Valorizando a Vida



Por Carla Maio
Publicado em 11/12/2023
Editado em 20/12/2023, às 11:25

649 visualizações


Valorizando a Vida é o tema do projeto pedagógico anual da EPG Josafá Tito Figueiredo, no Jardim Belvedere, ação que culminou com Mostra Cultural na última quinta-feira (7) com apresentações de danças e músicas e o intenso envolvimento da comunidade do entorno da escola.

A ação teve como objetivo aproximar ainda mais os pais, as famílias e a comunidade da rotina escolar, criando uma rede de apoio na qual a escola é o epicentro da construção da cidadania.

A mostra contou com a apresentação de trabalhos realizados pelas turmas da Ensino Fundamental, atividades relacionadas com as temáticas da Semana do brincar, Festa Junina (cultura diversificada brasileira), Agosto Indígena, Setembro Amarelo (prevenção ao suicídio), Outubro Rosa, Novembro Negro, Direitos Humanos (imigração e refugiados). 

As práticas pedagógicas da escola e o QSN

Para elaboração da Mostra Cultural, os professores utilizaram a Proposta Curricular Quadro de Saberes Necessários (QSN/2019) e desenvolveram um trabalho para tornar a Mostra um marco de grande importância para as práticas pedagógicas da escola.

Por meio de pesquisas para aprofundar aspectos culturais de diferentes países, elas encontraram nos relatos dos pais e mães dos alunos rica fonte de informações sobre danças, costumes, vestimentas, hábitos, religião, culinária, pontos turísticos e aspectos geográficos.

“Os professores elaboraram atividades e estratégias para chamar a atenção das crianças, usando vídeos sobre danças, comidas típicas e muitas imagens para mostrar a elas a diversidade de culturas presentes em nossa escola”, explicou a vice-diretora Rosimeire de Pontes Dionysio.

A gestora contou ainda que, para além de fomentar a participação da comunidade e promover ações voluntárias, o projeto colocou os alunos em contato com a diversidade cultural das famílias de seus colegas, o que objetivou desenvolver a autoestima das crianças e o reconhecimento de si e do outro em um universo repleto de aprendizagens lúdicas.

“Mais que as diferenças entre os povos, as atividades com a turma reafirmaram o entendimento da nossa própria diversidade enquanto país, favorecendo o desenvolvimento da tolerância e promovendo a construção da paz e da autoestima de cada um”, complementou.

Um dos pontos relevantes de toda a ação é o compartilhamento de momentos em que as próprias crianças se reconhecem como agentes da transformação social almejada pelo projeto.




Assuntos Relacionados

Educação


Outras Notícias